Videolaparoscopia

Videolaparoscopia

A videolaparoscopia, também conhecida por Laparoscopia, é um procedimento que serve como exame de diagnóstico ou tipo de técnica cirúrgica menos invasivas (sem cortes e cicatrizes) e é o melhor meio de diagnóstico da endometriose. Porém a videolaparoscopia também tem sido usada em outros procedimentos.

A videolaparoscopia é uma técnica moderna?

Sim. Podemos se dizer que a videolaparoscopia vem colaborando para a medicina moderna e auxiliando diversas cirurgias, que antigamente eram realizadas somente através de grandes cortes e cirurgias complexas  na região abdominal com inúmeras finalidades. Agora com a videolaparoscopia, não existe a necessidade de grandes incisões abdominais, garantindo um menor tempo de recuperação e menos dores ao paciente.

 Além destas vantagens mencionadas, a videolaparoscopia proporciona menos incômodos durante o pós-operatório. O resultado estético também chega a ser melhor pois praticamente não deixa cicatrizes e o retorno às atividades cotidianas é mais rápido.

Para realizar uma videolaparoscopia é preciso uma indicação médica. O médico irá solicitar a internação do paciente que passará por uma detalhada análise para a aplicação da anestesia. Os cuidados no pré-operatório são extremamente importantes, por converse com seu medico.

A videolaparoscopia tem início depois do paciente tomar uma anestesia geral. Um pneumoperitônio é insuflado na cavidade abdominal com CO2. Após isto, punções são realizadas e os trocartes são posicionados. Com o uso destes dispositivos o médico realiza a videolaparoscopia através de monitores, ou seja, indiretamente

Para que serve a Videolaparoscopia

A videolaparoscopia serve para diagnosticar a dor pélvica e para diagnosticar ou tratar doenças como:

  • endometriose, retirada de lesões ovarianas, tratamento de hidrossalpinge,
  • retirada de aderências, tratamento da gestação ectópica,
  • realizar laqueadura das trompas, histerectomia total,
  • retirada de mioma e tratamento de distopias genitais, por exemplo.

Leia um artigo completo: A videolaparoscopia é indicada nestas situações

Preço da Videolaparoscopia

O preço da videolaparoscopia varia de 5 a 15 mil reais dependendo do tipo de tratamento que será realizado e experiência do profissional. o preço da internação no hospital tem uma certa variação de valores de acordo com cada instituição. A videolaparoscopia também pode ser feita pelo SUS em algumas cidades autorizadas.

Como é feita a Videolaparoscopia

O anestesista aplica a anestesia geral no indivíduo, o cirurgião realiza um corte no umbigo por onde entra um pequeno tubo que contém gás carbônico e uma microcâmera em seu interior e realiza mais 2 cortes na região abdominal por onde vão entrar outros instrumentos necessários para a cirurgia. A microcâmera irá mostrar através de um monitor toda a parte de dentro do abdômen e o médico poderá também realizar cortes e soltar aderências.

Recuperação da Videolaparoscopia

A recuperação da cirurgia por videolaparoscopia é muito melhor que numa cirurgia convencional, pois há menos cortes e o sangramento durante a cirurgia é mínimo. O tempo de recuperação de uma cirurgia por videolaparoscopia dura de 7 a 14 dias, dependendo do procedimento. Após este período o indivíduo poderá voltar gradativamente às suas tarefas diárias.

Logo após a videolaparoscopia é normal: sentir dor no abdômen, dor nos ombros, ficar com intestino preso, sentir-se inchado, enjoado e com vontade de vomitar.

Durante o período de recuperação, deve-se descansar o máximo possível e evitar: ter relações sexuais, dirigir, limpar a casa, fazer compras e fazer exercícios.

A Videolaparoscopia ou laparoscopia na cirurgia bariátrica

Sim. Através da videolaparoscopia, técnica minimamente invasiva é possível fazer a cirurgia bariátrica.

O tempo de cirurgia é bem menor: A cirurgia bariátrica por videolaparoscopia dura, em média, pouco tempo, algo entre 40 minutos e 1 hora e 30 minutos.

A videolaparoscopia é menos invasiva?

Sim. O cirurgião realiza de quatro a sete pequenas incisões de 0,5 a 1,2 centímetros. É necessário insuflar a cavidade abdominal com gás carbônico, a fim de criar espaço suficiente para que o cirurgião possa trabalhar com o auxílio de uma videocâmera, cânulas, sonda, bisturi elétrico, grampeadores especiais e outros instrumentos de acesso que auxiliam no procedimento da videolaparoscopia.

 

Videolaparoscopia deixa marca?

O pós-operatório da videolaparoscopia oferece maiores benefícios ao paciente. Por exemplo: Pessoas mais senssiveis sentem minimas dores por um dia, outras nem sentem dores (principalmente pela quantidade de analgésicos consumida pelo paciente), a alta hospitalar pode ser de até 36 horas e o retorno às atividades pode ser de 7 a 10 dias em média.

A videolaparoscopia traz menos riscos a saúde do paciente?

A videolaparoscopia reduz as possibilidades de de infecções. depois de 1 ano de cirurgia, a incidência de hérnia nos microcortes ocorre em apenas 2% a 3% dos pacientes.

 

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Obesidade

  • Veja também


Obesidade infantil – Doença crônica e sono ruim

A obesidade infantil é a doença crônica que mais prevalece na população infantil, atingindo uma em cada três crianças...

Obesidade – Inflamações e alterações metabólicas

Estudo sobre as células mostrou imunidades das mesmas que ficam alojadas no tecido adiposo.  Elas são prejudiciais na obesidade...

Obesidade cresce junto da população brasileira

A obesidade já é uma realidade para 18,9% dos brasileiros. Já o sobrepeso atinge mais da metade da população...

Obesidade infantil: Índice sobe para 72 Milhões até 2025

Conheça dados preocupantes sobre os níveis de gordura infantil, além de maneiras de evitar tal problema com os jovens...

Em 2045 um quarto da população mundial será obesa

Pesquisa aponta em novo estudo que os níveis de pessoas obesas podem crescer alarmante e assim se tornar uma...

Banda Gástrica

A banda gástrica ajustável é um tipo de cirurgia bariátrica onde é colocada uma cinta que aperta o estômago,...

Como calcular o IMC?

Como calcular o IMC? Descubra o seu grau de IMC. Para calcular o IMC você precisa saber seu peso atual e altura....

Obesidade na gravidez

A Pesquisa de Orçamentos Familiares (POF) do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) revelou que, desde 1974, o...

Tipos de Obesidade

A obesidade é uma doença crônica que se caracteriza pelo aumento da gordura corporal. Sendo uma doença crônica, é...

Gastrectomia Vertical

A Gastrectomia Vertical é um dos 4 tipos de cirurgia para redução de estômago. Os outros 03 tipos de cirurgia são: Cirurgia Bariátrica...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad