Dormir pouco pode prejudicar o coração

Dormir pouco pode prejudicar o coração

Segundo especialistas, dormir menos de seis horas por dia pode favorecer a hipertensão e contribuir para ocorrência de infartos e AVCs.

Com o excesso de atividades do dia-a-dia, os momentos de descanso têm sido cada vez mais raros na vida de muitas pessoas. Consequentemente, as horas de sono de quem vive uma rotina agitada também têm sido reduzidas com o passar do tempo. Porém, dormir pouco não afeta apenas o equilíbrio emocional ou a capacidade de raciocínio do indivíduo. Esse hábito também pode causar, entre outros males, sérios danos à saúde do coração. “Para que uma pessoa viva de maneira saudável é preciso que ela tenha, no mínimo, de seis a oito horas de sono por dia. Dormir menos que isso pode ocasionar prejuízo cardiovascular com o passar do tempo. Isso favorece o surgimento de doenças, como a hipertensão, diabetes e obesidade, o que aumenta o risco de infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVCs)”, afirma o especialista.

O sono é um período importante para o restabelecimento do nosso organismo. Dormir bem ajuda, por exemplo, na produção de anticorpos contra as mais diversas doenças, fortalecendo o nosso sistema imunológico. Por isso, reduzir o tempo em que dormimos afeta significativamente os processos fisiológicos que ocorrem durante o sono. “Quando dormimos há um momento de repouso do nosso sistema cardiovascular, no qual tanto a frequência cardíaca, quanto a pressão arterial são reduzidas. Esse processo é muito importante para a saúde do coração. Por essa razão é que diversos estudos mostraram que a privação do sono aumenta o risco de hipertensão arterial”, comenta o especialista. “Outra situação que precisa ser reparada enquanto dormimos está relacionada à regulação do apetite. A redução no tempo de sono, devido a fatores hormonais e gasto energético menor, também favorece o ganho de peso”, acrescenta o especialista.

Sono: quantidade e qualidade são igualmente importantes 

Dormir em quantidade adequada pode não ser suficiente para começarmos o dia alertas e descansados. A apneia obstrutiva do sono é um distúrbio comum e fortemente associado ao ronco. A associação entre apneia do sono e privação do sono é frequente e perigosa, uma vez que ambas as situações estão associadas a maiores riscos cardiovasculares. “Por isso, pessoas que tem ou já tiveram algum tipo de distúrbio cardiovascular como hipertensão, infarto ou AVC, precisam redobrar a atenção com doenças relacionadas ao sono e procurar tratamento o quanto antes”, afirma o especialista. “Vale lembrar que o sono em quantidade suficiente e de boa qualidade é imprescindível para que todos tenham um dia repleto de saúde, maiores capacidade de concentração e, inclusive, menor risco de acidentes no trânsito”, acrescenta o especialista.

Recuperando o sono perdido

É possível repor as horas de sono perdidas. Uma dica é estabelecer uma meta, procurando aumentar gradualmente o tempo de sono de 15 a 30 minutos por noite, a cada semana, por exemplo. Assim é possível combater o problema e, aos poucos, recuperar a saúde e a disposição. “Recuperar o tempo de sono perdido é fundamental, já que se perdermos apenas duas horas de sono por dia, durante um período prolongado de tempo, podemos desenvolver problemas crônicos de saúde e, dependendo do caso, por em risco o coração”, finaliza o especialista.
Fonte: Diário Catarinense

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Notícias

  • Veja também


Pré-Natal

Uma palavra muito conhecida entre as futuras mamães, pré-natal, consultas mensais e uma bateria de exames que cuidarão da...

Treine seu cérebro!

Treine seu cérebro! A prática de atividades que exercitam o cérebro é de extrema importância, os neurônios possuem alta...

Herpes Zoster

Conhecido popularmente como “cobreiro” o herpes zoster é causado pelo mesmo vírus da catapora (varicela zoster). Quando a pessoa...

Descolamento da retina: Como diagnosticar e tratar?

O descolamento da retina é um grave problema e precisa de cuidados médicos de forma urgente. Quando essa fatalidade...

Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a...

Dores de cabeça e Tratamentos

As dores de cabeça afligem a todos, mas os tipos dessa dor nem sempre são iguais. A razão disso...

Quais são os sintomas da Gripe H1N1?

Os sintomas que a gripe H1N1 apresentam estão muito próximos aos que a gripe comum possui. Seu surgimento acontece inesperadamente...

As Doenças que a Acupuntura trata

A acupuntura é uma forma de tratamento terapêutica que tem a China como o seu berço. A técnica prevê...

O que é o Astigmatismo? Sintomas, Causas e Tratamento

Astigmatismo é o defeito óptico resultante de uma curvatura desigual ger. da córnea e mais raramente do cristalino ou...

O que é uma Cesárea?

A cesárea é um tipo de parto que consiste essencialmente de um corte no abdômen e outro no útero...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad