Hemocromatose

Hemocromatose

O que é Hemocromatose?

A Hemocromatose caracteriza-se pelo acúmulo de ferro nos tecidos. Esse aumento ocorre quando o suprimento de ferro excede a necessidade do organismo. O ferro em excesso pode acumular-se em diferentes tecidos e causar lesões graves. Os tecidos mais acometidos são: coração, fígado e pâncreas.

Causas

A doença pode ser de dois tipos: hereditária ou secundária. A causa mais comum é aquela determinada por condições genéticas.

A hemocromatose hereditária, exemplo clássico de desordem genética (que pode acometer em torno de 0,5% da população geral), altera o controle de absorção de ferro pelo intestino que, além de inapropriada, resulta em acúmulo e toxicidade de diferentes tecidos.

É necessário não se esquecer de anemias hereditárias também relacionadas a sobrecarga de ferro, como por exemplo a Beta-talassemia.

Embora menos comuns, são extremamente preocupantes em termos de saúde pública: transfusão crônica de sangue e tratamento oral ou venoso feito inadvertidamente com derivados de ferro.

Fatores de risco

Pessoas mais propensas a apresentar hemocromatose são:

  • Portadores de hemocromatose hereditária e de anemias hereditárias
  • Receptores de múltiplas transfusões de sangue
  • Pacientes submetidos a tratamentos com derivados de ferro
  • Pessoas que ingerem dietas especiais ricas em ferro.

sintomas

Sintomas de Hemocromatose

Os sintomas mais comuns de hemocromatose são:

  • Dor na articulação
  • Fadiga
  • Dor abdominal
  • Disfunção erétil
  • Amenorreia
  • Depressão
  • Queda de cabelo
  • Perda de peso não-intencional
  • Diabetes
  • Arritmias
  • Surtos psiquiátricos
  • Problemas neurológicos
  • Cor da pele irregular.

Como o depósito anormal de ferro pode ocorrer em qualquer tecido do corpo, os sintomas podem ser vários e inespecíficos.

diagnóstico e exames

Buscando ajuda médica

Como os sintomas da hemocromatose podem ser inespecíficos, a melhor forma de evitar problemas na área da saúde é “escutar o grito de ajuda do nosso corpo”.

SAIBA MAIS

  • 11 atitudes que facilitam a consulta médica
  • Buscar pronto-socorro em vez de marcar consulta médica pode retardar o diagnóstico de doenças

Qualquer sintomatologia, desde uma leve fadiga até um quadro mais grave neurológico, deve ser interpretado como um alerta para que se busque ajuda médica imediata.

Diagnóstico de Hemocromatose

Para o diagnóstico da hemacromatose, além da história médica e exame físico minucioso, deve ser feita uma avaliação global direto e indireto dos estoques e do metabolismo do ferro, bem como análise da biópsia do tecido lesado. Se necessário, determinar alteração genética relacionada à hemocromatose ou anemias hereditárias.

Os exames a serem feitos dependerão da causa. Mas de uma forma geral, o médico deverá avaliar o metabolismo do ferro, como por exemplo, a ferritina, além de exames que determinam a função do tecido lesado.

Tratamento de Hemocromatose

O tratamento de hemocromatose consiste na diminuição da quantidade de ferro no organismo através da retirada de sangue.

Medicamentos para Hemocromatose

Os medicamentos mais usados para o tratamento de hemocromatose são:

  • Durateston
  • Epocler

Somente um médico pode dizer qual o medicamento mais indicado para o seu caso, bem como a dosagem correta e a duração do tratamento. Siga sempre à risca as orientações do seu médico e NUNCA se automedique. Não interrompa o uso do medicamento sem consultar um médico antes e, se tomá-lo mais de uma vez ou em quantidades muito maiores do que a prescrita, siga as instruções na bula.

Convivendo/ Prognóstico

O paciente deve seguir uma dieta especial para diminuir a quantidade de ferro absorvida pelo trato digestivo:

  • Não consumir álcool, principalmente em casos de doença hepática
  • Não tomar comprimidos de ferro ou vitaminas contendo ferro
  • Não usar panelas de ferro para cozinhar alimentos
  • Não consumir frutos do mar crus
  • Não comer alimentos fortificados com ferro
  • Não abandonar o tratamento médico.

Complicações possíveis

Conforme dissemos anteriormente, quando não tratada, o paciente pode desenvolver uma série de problemas, como insuficiência hepática, arritmias cardíacas e câncer de fígado. Os locais mais acometidos são órgãos como pâncreas, fígado e coração.

Expectativas

Não podemos falar em cura. Com tratamento adequado e precoce, as chances de controle são excelentes.

Prevenção

As medidas preventivas visam diminuir a ingesta de ferro. Como também, técnicas orientadas por médicos para aumentar a perda de ferro.

Fonte: Minha Vida

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Doenças de A - Z, Hemocromatose, Hemocromatose

  • Veja também


Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a...

HIV e DST’s crescem no Brasil

O Ministério da Saúde mostra em recente levantamento o crescimento das DST’s e do HIV, os jovens são os...

A Tuberculose coloca toda América do Sul em alerta

Em busca de sanar com a tuberculose, doença que mata inúmeras pessoas por toda a América do Sul está...

Obesidade cresce junto da população brasileira

A obesidade já é uma realidade para 18,9% dos brasileiros. Já o sobrepeso atinge mais da metade da população...

Doença de Wilson

O que é Doença de Wilson? A doença de Wilson é um distúrbio geneticamente determinado do metabolismo do mineral...

Nota sobre medida do perímetro cefálico para diagnóstico de microcefalia

O Ministério da Saúde, em consonância com as secretarias estaduais e municipais de Saúde, passa a adotar, a partir...

Uso de repelentes de insetos durante a Gravidez

Sobre o uso de repelentes de inseto durante a gravidez Produtos repelentes de uso tópico podem ser utilizados por...

Hepatite E

O que é hepatite E? Doença infecciosa viral, contagiosa, causada pelo vírus E (HEV) do tipo RNA, classificado como...

Hepatite Delta

O que é hepatite delta? Doença infecciosa viral, contagiosa, causada pelo vírus da hepatite delta ou HDV (é um...

Cólera

1.1 CONCEITO A cólera (CID A00.9) é uma doença infecciosa intestinal aguda causada pela enterotoxina do Víbrio cholerae O1 ou...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad