Portal de saúde sobre as principais especialidades da medicina.

As principais doenças

Diabetes

Diabetes: Sintomas, Tratamentos e Causas   O que é Diabetes? O diabetes é uma síndrome metabólica de origem múltipla, decorrente da falta de insulina e/ou da incapacidade de a insulina exercer adequadamente seus efeitos, causando um aumento da glicose (açúcar) no sangue. O diabetes acontece porque o pâncreas não é capaz de produzir o hormônio insulina em quantidade suficiente para suprir as necessidades do organismo, ou porque...

Leia Mais
O que é Poliomielite?
ago07

O que é Poliomielite?

POLIOMELITE: SINTOMAS, TRANSMISSÃO E PREVENÇÃO A poliomielite é uma doença infecto-contagiosa aguda, causada por um vírus que vive no intestino, denominado Poliovírus. Embora ocorra com maior frequência em crianças menores de quatro anos, também pode ocorrer em adultos. O período de incubação da doença varia de dois a trinta dias sendo, em geral, de sete a doze dias. A maior parte das infecções apresenta poucos sintomas (forma...

Leia Mais
Doenças resistentes a antibióticos e superbactérias
ago01

Doenças resistentes a antibióticos e superbactérias

Resistência aos antibióticos Uso repetido e indiscriminado faz com que muitas bactérias criem resistência aos antibióticos, deixando a população suscetível a infecções banais. A penicilina foi descoberta pelo médico bacteriologista Alexander Fleming, em 1928, meio por acaso, na Inglaterra. Enquanto observava o comportamento de uma cultura de bactérias Staphyloccocus aureus, encontrada na pele dos seres humanos e responsável por...

Leia Mais
Quais são os sintomas do HIV?
nov23

Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a gripe por exemplo. Assim sendo a única forma de confirmação é o teste de HIV. As formas de contaminação são: a relação sexual sem camisinha, compartilhamento de agulhas, transfusão de sangue infectado e etc.   Tais sintomas aparecem em duas semanas após se pegar o HIV:   Aftas na boca; Cansaço excessivo;...

Leia Mais
HIV e DST’s crescem no Brasil
ago20

HIV e DST’s crescem no Brasil

O Ministério da Saúde mostra em recente levantamento o crescimento das DST’s e do HIV, os jovens são os mais afetados. A falta de uso de preservativos é uma das causas.   “Esta última geração, que começou a vida sexual depois de 2010, tem um modo diferente de encarar as DSTs”, diz Alexandre Naime Barbosa, professor de Infectologia da Unesp. A noção de que a Aids se tornou uma doença crônica e tratável fez a adesão à...

Leia Mais
A Tuberculose coloca toda América do Sul em alerta
ago10

A Tuberculose coloca toda América do Sul em alerta

Em busca de sanar com a tuberculose, doença que mata inúmeras pessoas por toda a América do Sul está sendo colocada em prática novas técnicas. As mesmas partem desde comprimidos com sensores para o controle da ingestão até outros diagnósticos diferenciados O Brasil mantém a doença sob vigília, entretanto outros países vizinhos sofrem com as baixas. Para eles a tuberculose é uma epidemia. A batalha contra a tuberculose, a doença...

Leia Mais
Pesquisas sobre Parkinson parecem ter encontrado um melhor tratamento junto a importante gene da doença
jul30

Pesquisas sobre Parkinson parecem ter encontrado um melhor tratamento junto a importante gene da doença

Mais de 10 milhões de pessoas no mundo sofre com o Parkinson. Estudo aliado a tratamento experimental descobriram o gene LLRK2 que deve ajudar inúmeras pessoas que sofrem do malefício. Acreditava-se que o gene, chamado LLRK2, causaria a doença apenas quando mutado, mas os pesquisadores descobriram que ele pode ser igualmente significativo na forma não-hereditária da doença, de acordo com o estudo publicado hoje na revista...

Leia Mais
Obesidade cresce junto da população brasileira
jul19

Obesidade cresce junto da população brasileira

A obesidade já é uma realidade para 18,9% dos brasileiros. Já o sobrepeso atinge mais da metade da população (54%). Os dados são da Pesquisa de Vigilância de Fatores de Risco e Proteção de Doenças Crônicas por Inquérito Telefônico (Vigitel) e foram divulgados nessa semana pelo Ministério da Saúde. Entre os jovens, a obesidade aumentou 110% entre 2007 e 2017. Esse índice foi quase o dobro da média nas demais faixas etárias (60%). No...

Leia Mais
Vacinação contra a pólio começa em 6 de agosto
jul18

Vacinação contra a pólio começa em 6 de agosto

Em meio ao aumento de casos de poliomielite identificados na Venezuela, o Ministério da Saúde informou que a campanha de vacinação, contra a doença no Brasil deve ocorrer de 6 a 24 de agosto. Por meio de nota, o ministério informou que, atualmente a cobertura vacinal no Brasil contra a poliomielite é de 77%. Diante dos casos no país citado é de vontade do órgão que a cobertura chegue a 95%, além da necessidade de notificação e...

Leia Mais
Pesquisa aponta que hipertensão esteja ligada ao risco de demência
jul03

Pesquisa aponta que hipertensão esteja ligada ao risco de demência

A pressão alta após os 50 anos pode levar o paciente ao problema neurológico da demência. Sendo assim é importante manter as idas ao médico com frequência. A pressão alta, por si só, merece atenção e cuidados redobrados no dia a dia. Além disso, agora, um estudo publicado no jornal oficial da Associação Europeia do Coração (European Heart Association) associou a hipertensão ao maior risco de surgimento de demência. A pesquisa foi...

Leia Mais
Hepatite C cresce dentro do Brasil
jul03

Hepatite C cresce dentro do Brasil

A hepatite é uma doença que não apresenta sintoma algum e quando alguma coisa aparece é porque tal problema já está grave.  O Ministério da Saúde afirma que 1,5 milhão de brasileiros têm a doença mas não sabem. Uma doença silenciosa e que pode evoluir para uma cirrose ou um câncer de fígado e levar à morte. Essa é a descrição da hepatite C, que só em 2016 registrou 1,1 mil casos em Santa Catarina. Especialistas acreditam que esse...

Leia Mais
Filme Os Incríveis 2 possui gatilhos que ativam a Epilepsia
jun21

Filme Os Incríveis 2 possui gatilhos que ativam a Epilepsia

Pessoas que viram a animação notaram gatilhos que poderiam fazer a epilepsia ser ativada. Dessa maneira se buscaram a comunicar a Disney do problema. Após uma campanha no Twitter, cinemas dos Estados Unidos receberam a notificação da Disney para colocar um aviso de risco de epiléptico nas salas que estão exibindo o filme Os Incríveis 2. A cena em questão mostra flashes de luz por quase 90 segundos ininterruptos, que, além de ataques...

Leia Mais
Diabetes e Problemas Cardiovasculares podem ser evitados andando de bicicleta
jun08

Diabetes e Problemas Cardiovasculares podem ser evitados andando de bicicleta

Exercícios físicos como andar de bicicleta podem ajudar os indivíduos com problemas ligados a diabetes e também cardiovasculares. Uma vida com pratica esportiva contribui para que essas doenças tenham 50% de chances de não ocorrerem. A expansão do uso da bicicleta poderia reduzir os gastos com saúde pública e até impulsionar a economia da capital paulista, segundo estudo do Centro Brasileiro de Análise e Planejamento (Cebrap). A...

Leia Mais
Banco de Leite Humano precisa de doações
jun05

Banco de Leite Humano precisa de doações

As crianças prematuras precisam de leite materno para poderem continuar suas lutas pela vida. Os bancos de leite humano precisam de doações dessa matéria prima. Nessa matéria poderão tirar dúvidas sobre a amamentação e sobre armazenamento. O leite materno é recomendado até os dois anos de vida ou maus, e até seis meses de forma exclusiva, é o melhor alimento para o bebê. Mas muitas crianças prematuras, de baixo peso e internadas não...

Leia Mais
Dengue, Chikungunya e Zika continuam a fazer vítimas em 2018
maio29

Dengue, Chikungunya e Zika continuam a fazer vítimas em 2018

45 pessoas morreram por causa de tais doenças. O numero é divulgado pelo Ministério da Saúde e registrou queda se comparar ao último ano. Dengue fez o maior número de mortos. É essencial continuar a limpeza dos quintais, mesmo em tempos frios. O Brasil teve 45 casos de mortes confirmadas por dengue, chikungunya e zika em 2018, segundo boletim epidemiológico divulgado pelo Ministério da Saúde. A dengue fez o maior número de vítimas (40...

Leia Mais
Microcefalia pode causar Epilepsia e outros problemas neurológicos
maio20

Microcefalia pode causar Epilepsia e outros problemas neurológicos

  A microcefalia é uma malformação congênita e isso ocasiona no cérebro não completar seu desenvolvimento como esperado. Esse problema pode acontecer por diversos motivos, como vírus, infecções, radiação e até mesmo por produtos químicos. Essa doença impacta diretamente no sistema neurológico da criança e pode acarretar em outras doenças como: Epilepsia, Paralisia Cerebral, Retardo no desenvolvimento cognitivo, motor e fala, além...

Leia Mais
HPV  | Vacina de HPV  é ampliada para meninos de 11 a 15 anos incompletos
jan23

HPV | Vacina de HPV é ampliada para meninos de 11 a 15 anos incompletos

Para conscientizar os meninos sobre a importância da imunização, o Ministério da Saúde vai realizar campanha e intensificar a vacinação nas escolas. Também terão direito a vacina, homens e mulheres transplantados, além de oncológicos em uso de quimioterapia e radioterapia A partir de agora, a vacina contra HPV passa a ser ofertada para os meninos de 11 até 15 anos incompletos (14 anos, 11 meses e 29 dias). A ampliação da faixa etária...

Leia Mais
CLN2 – LIPOFUSCINOSE CEROIDE NEURONAL
set26

CLN2 – LIPOFUSCINOSE CEROIDE NEURONAL

Clique aqui para fazer o Download do Flyer em...

Leia Mais
Corticoide aumenta risco de diabete
out25

Corticoide aumenta risco de diabete

No dia 14 de Novembro é o Dia Mundial do Diabetes. A data é essencial para lembrar a importância da prevenção – através de exames de rotina – dessa doença que atinge nove milhões de brasileiros, ou seja, 6,2% da população adulta. Os números alarmantes não param por aí: 70% das cirurgias para retirada de membros inferiores no Brasil têm como causa o diabetes mal controlado (55 mil amputações anuais). A endocrinologista Andressa...

Leia Mais
Mitos e verdades sobre epilepsia.
abr29

Mitos e verdades sobre epilepsia.

Mitos e verdades Segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde), cerca de 5% da população terá ao menos uma crise epilética na vida. Sendo que, no Brasil, grande parte dos pacientes ainda não tem um controle adequado das crises, tanto pelo despreparo dos profissionais da área da saúde como por desinformação da população. Por isso, com a ajuda do neurocirurgião Paulo Porto de Melo, colaborador do Departamento de Neurocirurgia da...

Leia Mais
Hemorroidas
jan29

Hemorroidas

A Hemorroida é causada por veias da região anal que se dilatam ou inflamam e que podem ser externas ou internas. Quando são externas assemelham-se as varizes e ficam visíveis na borda do ânus. Quando internas localizam-se acima do esfíncter anal e causam sintomas mais agudos. O tratamento na fase inicial da doença pode ser determinante para o tratamento. Para isso o paciente deverá seguir as orientações corretamente, desde mudanças...

Leia Mais
Esquistossomose
jan29

Esquistossomose

O que é Esquistossomose? Sinônimos: bilharzíase, febre de katayama, coceira de nadador A esquistossomose é uma doença que leva a problemas de saúde crônica. A infecção é adquirida quando as pessoas entram em contato com água doce que está infectada com as formas larvais de parasitas da espécie Schistosoma. Os vermes adultos microscópicos vivem nas veias de drenagem do trato urinário e dos intestinos. A maioria de seus ovos fica presa...

Leia Mais
Doença de Wilson
jan29

Doença de Wilson

O que é Doença de Wilson? A doença de Wilson é um distúrbio geneticamente determinado do metabolismo do mineral cobre. Esta condição cursa com graus variáveis de envolvimento neurológico, psiquiátrico, hematológico ou hepático. Vale ressaltar que o grau de envolvimento, os órgãos acometidos e a idade de início dos sintomas (que geralmente vai dos três aos 60 anos de idade) são muito variáveis, mesmo em indivíduos de uma mesma família....

Leia Mais
Hemocromatose
jan29

Hemocromatose

O que é Hemocromatose? A Hemocromatose caracteriza-se pelo acúmulo de ferro nos tecidos. Esse aumento ocorre quando o suprimento de ferro excede a necessidade do organismo. O ferro em excesso pode acumular-se em diferentes tecidos e causar lesões graves. Os tecidos mais acometidos são: coração, fígado e pâncreas. Causas A doença pode ser de dois tipos: hereditária ou secundária. A causa mais comum é aquela determinada por condições...

Leia Mais
Nota sobre medida do perímetro cefálico para diagnóstico de microcefalia
jan07

Nota sobre medida do perímetro cefálico para diagnóstico de microcefalia

O Ministério da Saúde, em consonância com as secretarias estaduais e municipais de Saúde, passa a adotar, a partir de agora, a medida de 32 cm para a triagem e identificação de bebês possíveis portadores de microcefalia. Este procedimento consta do “Protocolo de Vigilância e Resposta à Ocorrência de Microcefalia Relacionada à Infecção pelo Vírus Zika” e está de acordo com recomendação da Organização Mundial da Saúde (OMS), que...

Leia Mais
Uso de repelentes de insetos durante a Gravidez
jan07

Uso de repelentes de insetos durante a Gravidez

Sobre o uso de repelentes de inseto durante a gravidez Produtos repelentes de uso tópico podem ser utilizados por gestantes desde que estejam devidamente registrados na ANVISA e que sejam seguidas as instruções de uso descritas no rótulo. Estudos conduzidos em humanos durante o segundo e o terceiro trimestre de gestação e em animais durante o primeiro trimestre, indicam que o uso tópico de repelentes a base de...

Leia Mais
Programa Nacional de Prevenção de Hepatites Virais
jan05

Programa Nacional de Prevenção de Hepatites Virais

O Programa Nacional de Hepatites Virais, criado em fevereiro de 2002, visa a estabelecer diretrizes e estratégias junto às diversas áreas programáticas do setor Saúde e aos níveis do Sistema Único de Saúde (SUS), com o objetivo de sistematizar os esforços que vêm sendo empreendidos pelos profissionais ao longo dos anos, desde a identificação das hepatites, além de inserir a temática dentro das políticas públicas de saúde, visando ao...

Leia Mais
Hepatite E
jan05

Hepatite E

O que é hepatite E? Doença infecciosa viral, contagiosa, causada pelo vírus E (HEV) do tipo RNA, classificado como pertencente à família Caliciviridae. Qual o período de incubação da hepatite E? O período de incubação, intervalo entre a exposição efetiva do hospedeiro suscetível ao vírus e o início dos sinais e sintomas clínicos da doença neste hospedeiro, varia de 15 a 60 dias (média de 40 dias). Como a hepatite E é transmitida? A...

Leia Mais
Hepatite Delta
jan05

Hepatite Delta

O que é hepatite delta? Doença infecciosa viral, contagiosa, causada pelo vírus da hepatite delta ou HDV (é um vírus RNA, que precisa do vírus B para que ocorra a infecção), podendo apresentar-se como uma infecção assintomática ou sintomática e, nesses casos, até mesmo com formas graves de hepatite. Qual o período de incubação? O período de incubação, intervalo entre a exposição efetiva do hospedeiro suscetível a um agente biológico e...

Leia Mais
Cólera
jan04

Cólera

1.1 CONCEITO A cólera (CID A00.9) é uma doença infecciosa intestinal aguda causada pela enterotoxina do Víbrio cholerae O1 ou O139. É de transmissão predominantemente hídrica. As manifestações clínicas ocorrem de formas variadas, desde infecções inaparentes ou assintomáticas até casos graves com diarreia profusa, podendo assinalar desidratação rápida, acidose e colapso circulatório, devido a grandes perdas de água e eletrólitos...

Leia Mais
Tuberculose mata quase tanto quanto Aids em 2014
dez16

Tuberculose mata quase tanto quanto Aids em 2014

Segundo novo relatório da OMS, foram mais de 1,1 milhão de mortes contra 1,2 milhão por HIV A conhecida tuberculose, curável, mas cheia de estigmas, matou quase tanto quanto a Aids em 2014. Segundo novo relatório da OMS (Organização Mundial da Saúde), foram mais de 1,1 milhão de mortes contra 1,2 milhão por HIV, incluindo 400 mil pessoas que tinham as duas doenças. A tuberculose é causada por uma bactéria que se aloja nos pulmões....

Leia Mais
Gravidez e Zika Vírus: saiba mais sobre o tema
dez16

Gravidez e Zika Vírus: saiba mais sobre o tema

Descoberto na década de 1940 em Uganda, na África, o Zika Vírus só voltou a preocupar há três anos, quando um surto da doença atingiu a Polinésia Francesa, ilha do Oceano Pacífico que registrou 30 mil casos da doença. Desde março deste ano, porém, novos casos da doença, que é transmitida pelo mesmo mosquito da dengue, o Aedes aegypti, começaram a aparecer no Nordeste brasileiro. Em outubro, o número de bebês com microcefalia disparou...

Leia Mais
Autoteste para detectar HIV estará à venda em 2016
dez16

Autoteste para detectar HIV estará à venda em 2016

O autoteste para detecção do vírus HIV deverá estar à venda nas farmácias do país no primeiro semestre do próximo ano, informou nesta terça-feira o ministro da Saúde, Marcelo Castro. A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou as regras para o registro do autoteste na edição de segunda-feira do Diário Oficial da União. O Brasil será um dos poucos países a adotar a estratégia. “Esperamos que isso esteja disponibilizado...

Leia Mais
O que é microcefalia?
dez16

O que é microcefalia?

A notícia de que Pernambuco está em estado de emergência em função do aumento de casos de microcefalia no estado trouxe diversas dúvidas a mães e gestantes sobre a origem dessa malformação, que compromete o desenvolvimento adequado do cérebro do bebê. Os questionamentos também estão mobilizando médicos, a Secretaria de Saúde e hospitais de todo o estado, que buscam uma explicação para o aumento do número de episódios: em média, os...

Leia Mais
Há indícios de relação entre microcefalia e zika
dez16

Há indícios de relação entre microcefalia e zika

O diretor do Departamento de Vigilância de Doenças Transmissíveis do Ministério da Saúde, Cláudio Maierovitch, disse na terça-feira (17/11) em entrevista à imprensa que atualmente existe uma forte relação entre a circulação do zika vírus e a ocorrência de casos de microcefalia em algumas regiões do país. De acordo com ele, resultados de exames feitos em dois fetos com microcefalia mostraram que as gestantes foram infectadas pelo zika....

Leia Mais
Praticar esportes ajuda a evitar e tratar diabetes
dez16

Praticar esportes ajuda a evitar e tratar diabetes

Praticar esportes e manter uma alimentação equilibrada ainda são as medidas mais eficazes para prevenir e tratar o diabetes. Atualmente, cerca de 500 pessoas são diagnosticadas com a doença todos os dias. Os casos do tipo 2 são os mais comuns e progridem com a obesidade e o sedentarismo. O presidente da Sociedade Brasileira do Diabetes, Walter Minicucci, lembra que muitas pessoas que estão com a taxa de glicose alta não sentem nada...

Leia Mais
Doença Pneumocócica
dez15

Doença Pneumocócica

O QUE SÃO DOENÇAS PNEUMOCÓCICAS? É uma infecção séria e pode vir a ser fatal, especialmente em pessoas com idade acima de 50 anos. São infecções causadas por bactérias pneumocócicas, incluindo: Meningite (infecção dos tecidos que envolvem o cérebro e a medula espinhal); Pneumonia (infecção dos pulmões); Bacteremia (bactérias na corrente sanguínea. SINTOMAS DE DOENÇAS PNEUMOCÓCICAS INCLUEM: Febre; Fraqueza; Calafrios; Queda da pressão...

Leia Mais
O que é tétano?
dez14

O que é tétano?

O tétano é uma doença causada pela entrada de uma determinada bactéria através de uma ferida. Esta bactéria se multiplica na ferida e produz uma substância que pode provocar rigidez e contrações musculares extremamente dolorosas. Mesmo a poeira domiciliar pode transmitir tétano. Fui vacinada contra tétano na minha gestação, desta forma meu filho de 2 meses não está protegido contra o tétano? As Sociedades recomendam um calendário de...

Leia Mais
O que é Poliomielite?
dez11

O que é Poliomielite?

Poliomielite é o mesmo que paralisia infantil. Ela está erradicada no País, mas mesmo assim as crianças precisam ser protegidas, porque fora do País ainda há casos de pólio. Como não vejo indivíduos com a pólio, há muito tempo, quais são seus principais sintomas? As manifestações clínicas devidas à infecção pelo poliovírus são, em sua maioria, infecções não aparentes (90% a 95%). No entanto, em 1%-1,6% dos casos a doença pode se...

Leia Mais
Tosse comprida é coqueluche?
dez10

Tosse comprida é coqueluche?

Tosse comprida é a denominação de uma doença que é conhecida pelos médicos como coqueluche ou pertussis. Esta doença não foi erradicada? As campanhas de vacinação tiveram e ainda têm um papel muito importante na prevenção desta doença, no entanto, já se percebe que ela está re-emergindo em outros países. Temos informação no Brasil sobre o número de casos desta doença? No Brasil, a tosse comprida é subdiagnosticada. Por ter como...

Leia Mais
1º de dezembro – Dia Mundial de Combate a AIDS
dez01

1º de dezembro – Dia Mundial de Combate a AIDS

AIDS (Acquired Immune Deficiency Syndrome) A AIDS é uma doença que ataca o sistema imunológico do homem, permitindo que seu organismo fique fragilizado, podendo ser contaminado com o vírus de várias outras doenças. O vírus responsável pela doença é o HIV (vírus humano da imunodeficiência), fazendo da AIDS a quarta doença que mais causa morte no mundo. Instituído no final da década de oitenta, o dia primeiro de dezembro une pessoas do...

Leia Mais
Insuficiência Hepática
nov28

Insuficiência Hepática

A desnutrição protéico-calórica é comum, tanto em pacientes com Insuficiência Hepática em pessoas alcoólicas quanto em não-alcoólicas. Mas a grande maioria dos estudos baseia-se em pacientes alcoolistas. A prevalência de desnutrição oscila entre 5 a 1 0 % em pacientes hospitalizados por hepatopatia alcoólica, e 40 nos hepatopatas não-alcoolistas.7 As deficiências nutricionais ocorrem por redução da ingesta calórico-protéica secundária...

Leia Mais
Epilepsia
nov06

Epilepsia

O que é Epilepsia? A epilepsia é uma alteração temporária e reversível do funcionamento do cérebro, que não tenha sido causada por febre, drogas ou distúrbios metabólicos e se expressa por crises epilépticas repetidas. Causas da Epilepsia A causa da epilepsia pode ser uma lesão no cérebro, decorrente de uma forte pancada na cabeça, uma infecção (meningite, por exemplo), neurocisticercose (“ovos de solitária” no cérebro),...

Leia Mais
Herpes genital
nov05

Herpes genital

O que é Herpes genital? O herpes genital é uma doença sexualmente transmissível (DST) transmitida por vírus e que ataca a pele ou as membranas mucosas dos genitais. Causas Dois vírus distintos podem causar herpes genital: Vírus do herpes simples Tipo 1 (HSV1) Vírus do herpes simples Tipo 2 (HSV-2). A transmissão de herpes genital por ambos os vírus acontece principalmente via contato sexual desprotegido. O HSV-1 pode se espalhar da...

Leia Mais
Herpes simples
nov04

Herpes simples

O que é Herpes simples? Herpes simples é uma infecção viral comum que se caracteriza pelo surgimento de pequenas bolhas ao redor dos lábios e/ou dos genitais – mas que também podem aparecer em qualquer outra parte do corpo. Causas da herpes simples A transmissão do vírus da herpes simples se faz principalmente por contato direto entre pessoas, mesmo que não haja lesão ativa. A infecção por meio de objetos pode existir, mas é menos...

Leia Mais
Herpes-Zóster
nov04

Herpes-Zóster

O que é herpes-zóster? O herpes-zóster, também conhecido como cobreiro, é causado pelo mesmo vírus da catapora. Após desenvolver catapora, o que normalmente acontece na infância, o vírus permanece adormecido no sistema nervoso ao longo da medula espinhal do indivíduo. Quando há queda de imunidade, pode ocorrer a reativação do vírus e o desenvolvimento de herpes-zóster. Sabe-se que uma a cada três pessoas em geral terá herpes-zóster...

Leia Mais
Hepatite C
out19

Hepatite C

O que é Hepatite C? Hepatite C é uma doença viral que leva à inflamação do fígado e raramente desperta sintomas. Na verdade, a maioria das pessoas não sabe que tem hepatite C, muitas vezes descobre através de uma doação de sangue ou pela realização de exames de rotina, ou quando aparecem os sintomas de doença avançada do fígado, o que geralmente acontece décadas depois. Hepatite C é um dos três tipos mais comuns de hepatite e é...

Leia Mais
Hepatite B
out16

Hepatite B

O que é Hepatite B? Sinônimos: hepatite infecciosa, amarelão A hepatite B é uma doença transmitida por vírus e que causa irritação e inflamação do fígado. Este é um dos tipos de hepatites virais que existem, que são classificadas por letras A, B, C, D e E. No Brasil, estima-se que 15% da população já foi contaminada e 1% é portadora crônica da doença. Uma outra forma de observar a hepatite B, é que a hepatite é uma inflamação no...

Leia Mais
Hepatite A
out15

Hepatite A

O que é Hepatite A? Sinônimos: hepatite infecciosa, amarelão Hepatite A é uma inflamação do fígado causada por um vírus, geralmente tem um curso benigno, evoluindo para a cura espontânea em mais de 90% dos casos. De acordo com o Ministério da Saúde, foram diagnosticados mais de 138 mil casos de hepatite A no Brasil entre 2000 e 2011. No mundo, são registrados 1,4 milhão de novos casos da doença todos os anos, segundo a Organização...

Leia Mais
TUBERCULOSE
out13

TUBERCULOSE

A tuberculose (TB) é uma doença infecciosa e transmissível que afeta prioritariamente os pulmões. A doença é curável.  Anualmente são notificados cerca de 6 milhões de novos casos em todo o mundo, levando mais de um milhão de pessoas a óbito. O surgimento da aids e o aparecimento de focos de tuberculose resistente aos medicamentos agravam ainda mais esse cenário. No Brasil, a tuberculose é sério problema da saúde pública, com...

Leia Mais
DENGUE
out12

DENGUE

Transmitida pelo mosquito Aedes aegypti, a dengue é uma doença viral que se espalha rapidamente no mundo. Nos últimos 50 anos, a incidência aumentou 30 vezes, com ampliação da expansão geográfica para novos países e, na presente década, para pequenas cidades e áreas rurais. É estimado que 50 milhões de infecções por dengue ocorram anualmente e que aproximadamente 2,5 bilhões de pessoas morem em países onde a dengue é endêmica. Na...

Leia Mais
Gastrite
set18

Gastrite

Gastrite é a inflamação, infecção ou erosão do revestimento do estômago. Ela pode durar por pouco tempo, na chamada gastrite aguda, ou pode durar meses e até mesmo anos (gastrite crônica). Causas A causa mais provável da gastrite é a fraqueza da barreira mucosa que protege a parede estomacal, permitindo que os sucos digestivos produzidos pelo estômago causem danos ao tecido que reveste o órgão. Essa fraqueza pode ser causada pela...

Leia Mais
GESTAÇÃO E HIPERTENSÃO
set18

GESTAÇÃO E HIPERTENSÃO

O que é hipertensão na gestação? Sempre que houver pressão alta (níveis de pressão maiores que 140/90) em gestantes. A hipertensão induzida pela gestação refere-se ao aparecimento da hipertensão em conseqüência da gestação, ocorrendo após as 20 semanas de gestação e desaparecendo até 6 semanas após o parto. Como se faz o diagnóstico? Através da pressão arterial diastólica (mínima) igual ou superior a 90 mmHg ou o aumento da pressão...

Leia Mais
Dislexia
set17

Dislexia

O que é? É uma dificuldade primária do aprendizado abrangendo: leitura, escrita, e soletração ou uma combinação de duas ou três destas dificuldades. Caracteriza-se por alterações quantitativas e qualitativas, total ou parcialmente irreversíveis . É o distúrbio (ou transtorno) do aprendizado mais freqüentemente identificado na sala de aula. Está relacionado, diretamente, à reprovação escolar, sendo causa de 15 % das reprovações. Em...

Leia Mais
DEPRESSÃO PÓS-PARTO
set16

DEPRESSÃO PÓS-PARTO

Depressão pós parto O pós-parto é um período de risco psiquiátrico aumentado no ciclo de vida da mulher. A depressão pós-parto, também conhecida como postpartum blues, pode se manifestar com intensidade variável, tornando-se um fator que dificulta o estabelecimento de um vínculo afetivo seguro entre mãe e filho, podendo interferir nas futuras relações interpessoais estabelecidas pela criança. Apesar das controvérsias, vários fatores...

Leia Mais
DESNUTRIÇÃO
set15

DESNUTRIÇÃO

A desnutrição pode ser o resultado de pouca alimentação ou alimentação excessiva. Ambas as condições são causadas por um desequilíbrio entre a necessidade do corpo e a ingestão de nutrientes essenciais. Subnutrição É uma deficiência de nutrientes essenciais e pode ser o resultado de uma ingestão insuficiente devido a uma dieta pobre; de uma absorção deficiente do intestino dos alimentos ingeridos (má absorção); do consumo anormalmente...

Leia Mais
ANEMIA
set14

ANEMIA

O que é anemia? do grego, an = privação, haima = sangue Diz-se haver anemia quando a concentração da hemoglobina sanguínea diminui aquém de níveis arbitrados pela Organização Mundial de Saúde em 13 g/dL para homens, 12 g/dL para mulheres, e 11 g/dL para gestantes e crianças entre 6 meses e 6 anos. O que é hemoglobina? A hemoglobina é o pigmento que dá a cor aos glóbulos vermelhos (eritrócitos) e tem a função vital de transportar o...

Leia Mais
E o que é diabete gestacional?
set01

E o que é diabete gestacional?

Quando é detectado que a gestante está com excesso de açúcar no sangue. É lá pelo sexto mês de gravidez que algumas mulheres recebem o resultado do exame de glicemia mostrando que estão com açúcar demais no sangue. Esse sobressalto caracteriza o diabete gestacional. De novo, a resistência à insulina é a responsável pelo aborrecimento. No último trimestre da gestação, a mãe tende a comer mais, afinal, acha que precisa alimentar o filho...

Leia Mais
O que é hanseníase?
ago29

O que é hanseníase?

A hanseníase é uma doença infecciosa e contagiosa. Causada por um bacilo denominado Mycobacterium leprae. A hanseníase não é hereditária e sua evolução depende de características do sistema imunológico da pessoa que foi infectada. Quais os sintomas da hanseníase? Os sintomas da hanseníase incluem:- Sensação de formigamento, fisgadas ou dormência nas extremidades; manchas brancas ou avermelhadas, geralmente com perda da sensibilidade...

Leia Mais
O que é a doença de Parkinson?
ago28

O que é a doença de Parkinson?

Parkinson é uma doença progressiva do sistema neurológico que afeta principalmente o cérebro. Este é um dos principais e mais comuns distúrbios nervosos da terceira idade e é caracterizado, principalmente, por prejudicar a coordenação motora e provocar tremores e dificuldades para caminhar e se movimentar. Não há formas de se prevenir o Parkinson. Quais são as causas? As células nervosas usam uma substância química do cérebro chamada...

Leia Mais
Ansiedade no trabalho causa estresse | Tratamento SP | MG | RJ
ago11

Ansiedade no trabalho causa estresse | Tratamento SP | MG | RJ

Para combater à ansiedade, o descanso é fundamental. O excesso de trabalho e os diversos graus de demanda com que temos que lidar no dia a dia são fatores muito estressantes. Uma rotina em que, de segunda a sexta, a pessoa passa o dia todo no trabalho, sem ver a luz do dia ou ter uma refeição em família, é muito prejudicial. Para identificar suas verdadeiras fontes de estresse, olhe de perto para seus hábitos, atitudes e desculpas. Às...

Leia Mais
Iniciativas em prol da qualidade de vida tornam o ambiente urbano menos estressante?
ago11

Iniciativas em prol da qualidade de vida tornam o ambiente urbano menos estressante?

Sim. O isolamento social é muito prejudicial e quando os espaços públicos são próprios para convivência coletiva, como com a criação de ciclovias, shows gratuitos, eventos de promoção da cidadania, chefs de cozinha servindo comidas nas calçadas e tudo o que tenta trazer as pessoas para a rua, aumenta-se a sensação de amparo, deixando as pessoas menos estressadas.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Ansiedade na Grande São Paulo
ago11

Ansiedade na Grande São Paulo

Esta constatação tem origem no projeto São Paulo Megacity! Pesquisa sobre saúde, bem-estar e estresse, divulgada em 2012, o qual faz parte da Pesquisa Mundial sobre Saúde Mental da Organização Mundial da Saúde (OMS). Ele trouxe à tona dados que mostram que os índices de ansiedade e depressão encontrados na cidade de São Paulo, SP, e região são semelhantes aos de zonas de guerra. A análise foi feita, concomitantemente, em vários...

Leia Mais
Como reduzir a ansiedade em ocasiões estressantes (como provas, entrevistas de emprego, etc)?
ago11

Como reduzir a ansiedade em ocasiões estressantes (como provas, entrevistas de emprego, etc)?

Uma caminhada de no mínimo, 30 minutos melhora a circulação e libera endorfina. Existem vários métodos para lidar com a ansiedade, não apenas frente a situações importantes, mas também frente às ocorrências casuais. As primeiras medidas são naturais, como praticar exercícios físicos diariamente. O pós-exercício ainda colabora com o efeito de relaxamento. Existem também procedimentos de relaxamento específicos, desde o ioga e técnicas...

Leia Mais
Como uma boa noite de sono pode prevenir os transtornos de ansiedade?
ago11

Como uma boa noite de sono pode prevenir os transtornos de ansiedade?

Uma boa noite de sono é fundamental para a prevenção da ansiedade, pois permite a recomposição bioquímica do cérebro. É preciso interromper o “processador lógico” cerebral diário, o que ocorre ao dormir. Mas não é qualquer sono: muitos dormem por várias horas, mas com a qualidade do sono muito ruim. Assim o corpo pode estar descansado, mas a mente não. Como a qualidade de sono é fundamental para a prevenção dos transtornos de...

Leia Mais
Qual é a importância do descanso diário na prevenção da ansiedade patológica?
ago11

Qual é a importância do descanso diário na prevenção da ansiedade patológica?

O descanso diário é vital na prevenção de qualquer ansiedade. Qualquer máquina que “esquente” muito, precisa de um período para esfriar, senão alguns componentes começam a entrar em fadiga e pode ter problemas de funcionamento. O cérebro é uma máquina genial, um dos melhores processadores de informação que conhecemos, melhor que qualquer computador, mas se não tiver um descanso necessário, entra em estafa. No mundo atual,...

Leia Mais
yoga acaba com a ansiedade?
ago11

yoga acaba com a ansiedade?

Uma sugestão para tratar a ansiedade é o Yoga associada a outras técnicas comportamentais, trabalhar a percepção do corpo e do estado emocional, para que se tenha controle sobre a ansiedade. Estas são algumas sugestões de para trabalhar o equilíbrio, a relação com a natureza e a meditação, acaba-se liberando de forma endógena substâncias como serotonina e dopamina, que produzem a sensação de bem-estar. Porém nunca descarte um...

Leia Mais
Qual o melhor treinamento físico para quem está voltando à vida normal, reinserindo-se na sociedade após uma crise de ansiedade e até depressão?
ago11

Qual o melhor treinamento físico para quem está voltando à vida normal, reinserindo-se na sociedade após uma crise de ansiedade e até depressão?

Diversos estudos científicos reforçam a importância das atividades aeróbicas (corridas, natação e bicicleta) no tratamento. As hipóteses que corroboram para esse papel são muitas, principalmente mecanismos relacionados a aspectos sociais, comportamentais e fisiológicos. Aparentemente, a intensidade de esforço realizada no limiar ventilatório tem se mostrado efetiva em melhorar quadros de depressão, provavelmente ligada ao aumento da...

Leia Mais
Quais são as melhores atividades físicas para cuidar da saúde do corpo e ganhar disposição?
ago11

Quais são as melhores atividades físicas para cuidar da saúde do corpo e ganhar disposição?

Todas as atividades físicas são ótimas para manter a disposição e a saúde em dia. Mas, para decidir o melhor tipo para o seu estilo de vida, defina suas necessidades e pretensões. Entre os mais comuns, a musculação é ótima para quem adora conversar e fazer novas amizades, pois possibilita interação durante os exercícios. Por outro lado, ela também é interessante para quem valoriza um espaço mais reservado, já que o trabalho em equipe...

Leia Mais
Quais são as melhores atividades físicas para extravasar o estresse do dia a dia?
ago11

Quais são as melhores atividades físicas para extravasar o estresse do dia a dia?

Aliados no combate a vários problemas de saúde, os exercícios físicos também funcionam como válvula de escape. Para quem está constantemente estressado ou vive pressionado pelas inúmeras responsabilidades. Mesmo quem trabalha sentado termina o dia exausto, pois tem muita energia acumulada e precisa extravasar para ter alguns momentos de relaxamento. Investir em aulas como boxe, muay thay, jiu jitsu e spinnig, por exemplo, pode ser uma...

Leia Mais
É possível prevenir a ansiedade, mudando o estilo de vida?
ago11

É possível prevenir a ansiedade, mudando o estilo de vida?

Com certeza. O segredo é encontrar uma válvula de escape e, nesse sentido, as atividades físicas se apresentam com caráter preventivo. Todos devem ter um “botão de desliga”.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Fitoterápicos ajudam a acalmar?
ago11

Fitoterápicos ajudam a acalmar?

Plantas reconhecidas pelo poder relaxante podem ajudar. Eventualmente, em casos esporádicos de ansiedade no dia a dia. São exemplos: camomila, erva-cidreira, erva de são Jorge entre diversas outras plantas de conhecimento popular.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Porque o magnésio é tido como um antídoto à ansiedade?
ago11

Porque o magnésio é tido como um antídoto à ansiedade?

Um dos maiores benefícios do magnésio é relaxar o sistema nervoso, ajudando a recuperar a calma e trazendo alívio rapidamente. Sabe-se que ele age na musculatura contraída, bloqueando naturalmente, um receptor cerebral chamado NMDA. Esse é estimulado pelo calico, levando a excitação do cérebro que gera ansiedade, depressão e estresse. O magnésio age como antagonista, impedindo essa excitação excessiva e acalmando o sistema nervoso, ou...

Leia Mais
Ao contrário dos doces, o chocolate amargo pode ser um aliado no combate à ansiedade?
ago11

Ao contrário dos doces, o chocolate amargo pode ser um aliado no combate à ansiedade?

Quanto mais amargo for o chocolate, mais rico em flavonoides. O chocolate é rico em flavonoides, um tipo de antioxidante que favorece a produção de serotonina, neurotransmissor responsável pela sensação de bem-estar e que melhora o humor, reduzindo a sensação de ansiedade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Porque pães integrais são melhores para afastar a ansiedade?
ago11

Porque pães integrais são melhores para afastar a ansiedade?

O pão integral é rico em fibras e evita essas altas de glicose, impedindo que a sensação de satisfação seja substituída por um estado de ansiedade subsequente. Carboidratos refinados, como o pão branco, causam altas de glicose no sangue que são acompanhadas pela hipoglicemia reativa, causadora da ansiedade. A adoção do pão integral é importante, pois não se deve cortar de vez os carboidratos, já que eles elevam os níveis de insulina,...

Leia Mais
Uma dieta funcional pode prevenir e/ou aliviar a ansiedade?
ago11

Uma dieta funcional pode prevenir e/ou aliviar a ansiedade?

Uma dieta preventiva da ansiedade deve evitar alimentos que elevam o cortisol ou aumentam a vasoconstrição no cérebro. Também é importante ser repleta de ingredientes que causam bem-estar e mantêm o corpo saudável. Diversos alimentos atuam nesse sentido: no quesito salada, o alface é rico em lactucina, uma substância calmante. Assim como os outros vegetais verdes de folhas escuras, contém ácido fólico – que atua na síntese de...

Leia Mais
Como a ingestão excessiva de produtos processados piora a ansiedade?
ago11

Como a ingestão excessiva de produtos processados piora a ansiedade?

O cortisol é o hormônio do estresse e, em excesso, leva à ansiedade. Se consumirmos alimentos que elevam o cortisol, consequentemente as chances de sentir ansiedade se elevam. Os corantes, conservantes e aromatizantes presentes nos alimentos processados, assim como o excesso de cafeína, aumentam o cortisol e por isso podem piorar a ansiedade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como o consumo exagerado de doces pode impactar na ansiedade?
ago11

Como o consumo exagerado de doces pode impactar na ansiedade?

Muitas pessoas com transtornos alimentares parecem também sofrer de depressão ou ansiedade. Por isso, alguns pesquisadores acreditam que pode haver uma relação entre estes problemas. A compulsão pode ser uma adaptação do organismo para suprir um desbalanceamento entre a noradrenalina e a serotonina, dois neurotransmissores responsáveis pela comunicação entre os neurônios. Estudos recentes mostram que pessoas que sofrem de...

Leia Mais
Existem alimentos que aumentam a ansiedade?
ago11

Existem alimentos que aumentam a ansiedade?

As gorduras saturadas, além de terem uma reação semelhante ao açúcar na ativação dos centros de prazer do cérebro, costumam causar diversas inflamações, prejudicando o humor. Isso ocorre porque a ingestão de gorduras estimula a liberação de radicais livres, aumentando a quantidade de cortisol, hormônio ligado ao estresse. As principais fontes dessas gorduras são alimentos de origem animal, como carnes, laticínios, ovos e...

Leia Mais
Existem bebidas que aumentam a ansiedade?
ago11

Existem bebidas que aumentam a ansiedade?

Alguns alimentos trazem um alívio momentâneo da ansiedade quando ingeridos, mas com o passar do tempo pioram o quadro. A cafeína contida no cafezinho, por exemplo, age diretamente no nosso estado de espírito. Isso porque a substância produz sintomas idênticos ao de uma crise de ansiedade comum, como insônia, dor de cabeça, irritação, náuseas e tremores. Provoca, ainda, a vasoconstrição na parte superior do corpo, ou seja, reduz o...

Leia Mais
Além da obesidade, a ansiedade se relaciona a outras doenças?
ago11

Além da obesidade, a ansiedade se relaciona a outras doenças?

A ansiedade pode levar a distúrbios como a síndrome do pânico, depressão, entre outras doenças. Além disso, também está ligada ao surgimento da anorexia (distúrbio que faz com que o indivíduo pare de comer) ou à compulsão alimentar (que ocorre quando a pessoa come muito em curto período de tempo e sem controle).   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Quais os problemas de descontar a ansiedade na comida?
ago11

Quais os problemas de descontar a ansiedade na comida?

A pessoa ansiosa acaba comendo mais e sem critérios, para sanar uma sensação que não é fome. Por isso, pode ser que nenhuma quantidade seja suficiente, o que faz com que sofra aumento de peso e, consequentemente, doenças decorrentes da obesidade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A ansiedade pode desencadear crises de abstinência em fumantes?
ago10

A ansiedade pode desencadear crises de abstinência em fumantes?

Como a nicotina contida nos cigarros é uma droga de excreção rápida, leva a crises de ansiedade que se repetem muitas vezes ao longo do dia. Para evitá-las, o fumante vive com o maço ao alcance das mãos e acende o cigarro assim que surgem os primeiros sinais da ansiedade, pois sabe que a intensidade dos sintomas é crescente e, muitas vezes, insuportável. O cérebro aprende, então, que ansiedade e nicotina estão indissoluvelmente...

Leia Mais
A ansiedade piora na TPM?
ago10

A ansiedade piora na TPM?

A mulher com a chamada tensão pré-menstrual (TPM) pode apresentar de leves alterações do humor a sintomas comportamentais graves. Com grande impacto na qualidade de vida e prejuízos na vida social. Os sintomas da TPM podem ser confundidos com os de doenças psiquiátricas, como depressão e transtornos de ansiedade. Pacientes com depressão podem apresentar piora dos sintomas no período pré-menstrual e melhora após a menstruação. Porém,...

Leia Mais
Mulheres na menopausa têm mais tendência à ansiedade?
ago10

Mulheres na menopausa têm mais tendência à ansiedade?

Ao contrário. Com a estabilização da menopausa, a tendência das mulheres em apresentarem mais ansiedade em relação aos homens se iguala aos mesmos, ou seja, diminui. Naturalmente, existirão situações de vida típicas da época que podem produzir ansiedade, como a síndrome no ninho vazio, problemas existenciais, entre outros; mas, biologicamente, na menopausa há diminuição da ansiedade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Mulheres têm mais ansiedade do que homens?
ago10

Mulheres têm mais ansiedade do que homens?

As mulheres são superiores aos homens em quase tudo. Mas em duas coisas os homens levam vantagem: em ansiedade e depressão. E não é que eles tenham um aparelho psíquico melhor, ao contrário, o das mulheres são muito mais aperfeiçoados. Mas, justamente por isso, elas têm mais ansiedade. A mulher apresenta uma bipolaridade hormonal sexual: são 15 dias de estrógeno e 15 dias de progesterona. Essa alternância hormonal produz tanto a...

Leia Mais
Como a ansiedade prejudica a vida sexual?
ago07

Como a ansiedade prejudica a vida sexual?

A falta de conhecimento da função sexual, da anatomia e da fisiologia dos órgãos genitais pode levar o homem a sentir certo temor da relação sexual. A ansiedade molda também os níveis de percepção do prazer, fazendo com que estes indivíduos tenham orgasmos mais curtos e fugazes. Quando o fracasso ocorre várias vezes, o indivíduo pode vir a desenvolver, inclusive, um quadro de depressão. Entre as causas mais comuns, está a falta de...

Leia Mais
Como a ansiedade impacta no convívio familiar?
ago07

Como a ansiedade impacta no convívio familiar?

Enquanto a depressão faz o indivíduo sofrer, a ansiedade faz com que a família toda sofra. Pois a pessoa ansiosa fica com pouca paciência, com o “pavio curto”, como se diz. Os familiares ajudam no sentido de relevar os comportamentos inadequados e contribuir para que o ansioso encontre uma válvula de escape. Existem duas saídas: fugir, quase sempre impossível, ou aprender a lidar. Trata-se de um aprendizado diário, uma verdadeira...

Leia Mais
Como a ansiedade prejudica a vida profissional?
ago07

Como a ansiedade prejudica a vida profissional?

Ansiedade é a predisposição em perceber uma situação como ameaçadora e se preparar para ela. Quando o nível sai do estado emocional e provoca respostas fisiológicas é sinal de que está interferindo negativamente na rotina da pessoa – o que pode levá-la a evitar ou abandonar a vida profissional. Um indivíduo em estado de ansiedade exacerbada pode ficar nervoso, transpirar em excesso, gaguejar e não se lembrar de tudo que tem que fazer...

Leia Mais
Como a ansiedade impacta na vida social?
ago07

Como a ansiedade impacta na vida social?

A ansiedade pode levar a doenças e trazer prejuízos diversos ao indivíduo. Sua sintomatologia pode ser bem exacerbada, levando a pessoa a apresentar um estado de agitação psicomotora, deixando-a sem coordenação e totalmente improdutiva. O paciente pode sofrer com falta de ar, transpiração, palpitações, dores no peito, distúrbios gastrointestinais, secura na boca e dificuldades de comunicação e de desempenho. Ao sentir insegurança e...

Leia Mais
Como é o tratamento para a síndrome de burnout?
ago07

Como é o tratamento para a síndrome de burnout?

O tratamento da síndrome de burnout inclui o uso de antidepressivos e psicoterapia. Atividades físicas regulares e exercícios de relaxamento também ajudam a controlar os sintomas. Outras medidas também podem ajudar a aliviar o problema: não use a falta de tempo como desculpa para não se mexer e não desfrutar momentos de descontração e lazer, pois mudanças simples no estilo de vida podem ser a melhor forma de prevenir ou tratar a...

Leia Mais
Como é o diagnóstico da síndrome de burnout?
ago06

Como é o diagnóstico da síndrome de burnout?

Leva em conta o histórico do paciente acerca do seu envolvimento e realizações no trabalho. Respostas psicométricas, obtidas por meio de questionários baseados na escala Likert, também ajudam a estabelecer o diagnóstico.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Quais são os sintomas da síndrome de burnout?
ago06

Quais são os sintomas da síndrome de burnout?

O sintoma típico da síndrome de burnout é a sensação de esgotamento físico e emocional. Que se reflete em atitudes negativas, como ausências no trabalho, agressividade, isolamento, mudanças bruscas de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, lapsos de memória, ansiedade, depressão, pessimismo e baixa autoestima. Outros sintomas são dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta, dores musculares,...

Leia Mais
O que é a síndrome de burnout?
ago06

O que é a síndrome de burnout?

A síndrome de burnout ou síndrome do esgotamento profissional é um distúrbio psíquico. A principal característica é o estado de tensão emocional e estresse crônico, provocados por condições de trabalho físicas, emocionais e psicológicas desgastantes. A síndrome se manifesta especialmente em pessoas cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso. Profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social, recursos...

Leia Mais
Qual a relação da ansiedade com distúrbios do sono?
ago06

Qual a relação da ansiedade com distúrbios do sono?

Distúrbios do sono caracterizam-se pela dificuldade em iniciar e manter o sono. Ou dormir de maneira não reparadora, o que repercute nas atividades diurnas. A pessoa se sente cansada, irritada, sonolenta, dom dores no corpo, desanimada, mal humorada e apresenta alterações de memória. Entre as principais causas estão a ansiedade, o estresse e a depressão, possivelmente causados por problemas financeiros, familiares e profissionais....

Leia Mais
Qual a relação da ansiedade com o transtorno dismórfico corporal?
ago06

Qual a relação da ansiedade com o transtorno dismórfico corporal?

O tratamento mais adequado para o TDC é a psicoterapia. O transtorno dismórfico corporal (TDC), síndrome da distorção da imagem ou simplesmente dismorfofobia, é uma preocupação obsessiva com algum defeito corporal suposto ou de mínima realidade que afeta a aparência física. O termo dismorfia é uma palavra grega que significa feiura, especialmente na face. Esta condição ocorre com maior incidência em adolescentes de ambos os sexos, mas...

Leia Mais
Qual a relação da ansiedade com distúrbios alimentares?
ago05

Qual a relação da ansiedade com distúrbios alimentares?

A ansiedade é uma das maiores dificuldades e o maior obstáculo para quem quer emagrecer. Ela pode estar diretamente relacionada aos transtornos alimentares, especialmente quando o indivíduo come por compulsão e não somente por fome.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A ansiedade pode ser confundida com outros quadros de saúde?
ago05

A ansiedade pode ser confundida com outros quadros de saúde?

Sim. A ansiedade é continuamente diagnosticada de maneira inapropriada, principalmente quando há quadros de depressão. É importante lembrar que a ansiedade é um sintoma que está presente em vários quadros, como TOC, transtorno do pânico, estresse pós-traumático, entre outros. Uma criança com transtorno do déficit de atenção e hiperatividade (TDAH) pode apresentar sinais e sintomas de ansiedade, porém as características do TDAH são...

Leia Mais
Como aliviar a ansiedade em doentes crônicos?
ago05

Como aliviar a ansiedade em doentes crônicos?

É preciso falar sobre a doença e entende-la com a ajuda do médico. Assim, ele pode se preparar melhor para lidar com as decorrências que podem acontecer. É preciso equilibrar a ansiedade para que o tratamento tenha sucesso – já que ela acelera o metabolismo e pode descompensar uma enfermidade que antes estava compensada.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade se manifesta em doentes crônicos?
ago05

Como a ansiedade se manifesta em doentes crônicos?

O doente crônico já tem que aprender a conviver com a doença. Que implica em uma série de situações pelas quais a maioria das pessoas não passa. A sensação de que não tem controle sobre o que acontece no próprio corpo gera muita insegurança e, consequentemente, ansiedade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a família pode ajudar a amenizar a ansiedade em idosos?
ago04

Como a família pode ajudar a amenizar a ansiedade em idosos?

É preciso entender e aceitar com naturalidade o processo do envelhecimento. A ansiedade nos idosos é causada pela sensação de estar vivendo uma curva descendente, como se fosse um processo de luto por perdas constantes de habilidades e capacidades. A família deve fazer mudanças de forma gradativa, respeitar o ritmo da vida do idoso e sua sensibilidade. É importante dar pontos de apoio para que ele possa manter sua autonomia. Caso ele...

Leia Mais
Como a ansiedade se manifesta em idosos e quais são as principais causas?
ago04

Como a ansiedade se manifesta em idosos e quais são as principais causas?

Ao longo do processo de envelhecimento. O cérebro vai perdendo a capacidade de inventar soluções novas e improvisar e, por isso, o idoso começa a se sentir mais frágil e vulnerável. Considerando que a ansiedade é proporcional ao nosso medo diante de situações novas, o idoso tende a ficar mais ansioso devido às dificuldades de se adaptar as mudanças.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
A internet é considerada uma válvula de escape ou um gatilho para a ansiedade?
ago04

A internet é considerada uma válvula de escape ou um gatilho para a ansiedade?

Geralmente a internet é usada como um escape, porque oferece uma fuga do mundo real e das dificuldades. Na vida on-line, cria-se um perfil diferente da realidade e, assim, passa-se a acreditar que a partir daquela imagem ideal seria possível resolver tudo o que o indivíduo não consegue fora do computador. Toda essa tecnologia pode ser boa se usada respeitando certos limites, mas também pode ter efeito contrário. Para resolver...

Leia Mais
Como amenizar a ansiedade em adolescentes?
ago04

Como amenizar a ansiedade em adolescentes?

É preciso que o adolescente treine suas habilidades sociais. Os pais sempre devem desenvolver estratégias para fortalecer a autoestima do filho e dar oportunidades para que experimente coisas novas e descubra em que é bom. Uma dica: se os pais investirem nessas estratégias durante a infância, a adolescência tende a ser tranquila.     Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Quais são as causas da ansiedade em adolescentes?
ago04

Quais são as causas da ansiedade em adolescentes?

A adolescência é um momento em que se desenvolvem importantes habilidades sociais, o que traz a necessidade de ser aceito pelo grupo. Também é uma fase de mudança corporal, desenvolvimento de características sexuais e secundárias, entre outras transformações que podem gerar insegurança e, consequentemente, ansiedade. Isso também está relacionado à necessidade que o jovem tem de ser bom e se destacar em algo. Portanto, trabalhar a...

Leia Mais
Como reconhecer sintomas de ansiedade em adolescentes?
ago03

Como reconhecer sintomas de ansiedade em adolescentes?

São muitos os sinais que podem ser detectados nos adolescentes. Os sinais mais comuns da ansiedade em adolescentes são as alterações no sono, no apetite, falta de atenção, agitação, preocupação excessiva e diversas manias, como roer unhas, arrancar os cabelos, cutucar espinhas e outras partes do corpo, morder a boca, piscar excessivamente, entre outros sintomas.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
As sessões de terapias para crianças precisam da participação dos pais?
ago03

As sessões de terapias para crianças precisam da participação dos pais?

Depende. Os pais também devem receber orientações e atuar em sintonia com o que o terapeuta ensina para criança, mas a indicação para fazer terapia varia caso a caso. As técnicas de respiração, por exemplo, precisam ser incentivadas pelos pais nos momentos de necessidade. Entretanto, se a ansiedade da criança dor resultado de um ambiente familiar estressante, é preciso tratar toda a família.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Encher a agenda das crianças de atividades pode levar a crises de ansiedade?
ago03

Encher a agenda das crianças de atividades pode levar a crises de ansiedade?

Absolutamente. Todos precisam de um tempo para digerir, emocionalmente, as dificuldades enfrentadas na rotina. Se a criança está o tempo todo indo de uma atividade para outra, ela não tem tempo para se preparar para a próxima. Além disso, cria uma ansiedade por desempenho, frequentemente cobrado pelos pais. A consequência é que passa a semana imersa em uma maratona de atividades e, no final de semana, acaba chorosa e irritada, devido...

Leia Mais
Como amenizar a ansiedade em crianças?
ago03

Como amenizar a ansiedade em crianças?

A melhor forma de amenizar a ansiedade em crianças muito novas é com conversa, presença e carinho dos pais. Ao mesmo tempo, deve-se tentar descobrir o que está causando a ansiedade e o que a faz se inquietar diante de uma situação desconhecida. Com diálogo é possível reforçar o potencial da criança para que ela se sinta preparada e segura diante de mudanças e novidades. Embora não possamos controlar o ambiente e tudo o que acontece no...

Leia Mais
Crianças com pais ansiosos têm mais chance de ter a mesma característica?
jul31

Crianças com pais ansiosos têm mais chance de ter a mesma característica?

Crianças com pais estressados têm mais chances de desenvolver essas características. Porque, além de ser um traço da personalidade, a ansiedade também pode ser herdada geneticamente. Um estudo sobre ansiedade mostrou que filhos adotivos com tendência genética, mesmo sendo criados por pais tranquilos, acabam apresentando maior propensão às crises de ansiedade. Mas isso não significa que todo filho de pais excessivamente ansiosos também...

Leia Mais
Que consequências a ansiedade não tratada na infância pode acarretar no futuro?
jul31

Que consequências a ansiedade não tratada na infância pode acarretar no futuro?

Na infância o cérebro está em formação, por isso as redes neurais se ligam de acordo com os estímulos que a criança recebe. Ao crescer em um ambiente estressante e ansiogênico, estimulam-se áreas cerebrais mais relacionadas à identificação de ameaças e ao instinto de defesa. A longo prazo, a criança fica mais irritada e se torna impulsiva. Na adolescência e idade adulta, essas características podem ser cronificadas, trazendo...

Leia Mais
Bebês também podem ter ansiedade?
jul31

Bebês também podem ter ansiedade?

Bebês podem ter ansiedade, principalmente no primeiro e no segundo ano de vida. Nesse período a criança fica mais próxima da mãe ou do cuidador e esse sentimento, geralmente, é causado por uma insegurança nessa relação. Isso acontece porque nos primeiros meses de vida, ela percebe o mundo através da mãe e, por isso, se não existir uma rotina definida de amamentação ou horários para dormir e acordar, nunca saberá se será atendida...

Leia Mais
Quais são as causas da ansiedade em crianças?
jul31

Quais são as causas da ansiedade em crianças?

Sempre que a criança muda de ambiente ela se sente insegura, tornando-se propensa a ter ansiedade. Essa mudança pode ser decorrente de uma troca de escola ou apenas de turma, do nascimento de um irmão, entre outras situações. Porém, trata-se de uma reação normal e que costuma passar após a fase de adaptação. As crianças também se mostram, frequentemente, ansiosas em relação a acontecimentos bons, como uma festa de aniversário ou uma...

Leia Mais
As manias podem ser entendidas como uma forma de ansiedade em crianças?
jul30

As manias podem ser entendidas como uma forma de ansiedade em crianças?

Em alguns casos a criança pode ter necessidade de ritualizar, o que é descrito pelos pais como “manias”. Esses rituais são uma forma de tentar controlar o ambiente para diminuir a insegurança e a ansiedade. Ela pode, por exemplo, adotar uma forma certa de organizar o material escolar, os brinquedos ou o quarto, refazendo tudo caso não fique bem arrumado, e até mesmo ritualizar a lição de casa, fazendo e apagando várias vezes até que a...

Leia Mais
Como a ansiedade se manifesta em crianças e quais seus sintomas?
jul30

Como a ansiedade se manifesta em crianças e quais seus sintomas?

As crianças pequenas, geralmente, não sabem identificar direito suas emoções. Elas conseguem nomear alegria, tristeza e medo, por exemplo, mas não as nuances desses sentimentos, como a ansiedade. É comum que ao se sentir ansiosa, a criança diga que “dói a barriga”, ou seja, que está sentindo aquele “frio” no estômago por causa da ansiedade. Outros sintomas são enjôos, dores de cabeça, diminuição do apetite e agitação. Algumas podem...

Leia Mais
A ansiedade pode ser herdada geneticamente?
jul30

A ansiedade pode ser herdada geneticamente?

Sim. Existe um componente ambiental (onde a pessoa cresceu, como foi criada, que tipo de referências teve, etc), mas o componente genético influencia cerca de 70%. Por isso existem pessoas que reagem bem à determinada situações, enquanto outras, diante da mesma experiência, desenvolvem quadros de ansiedade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Quanto tempo de massagem é preciso para afastar o estresse?
jul30

Quanto tempo de massagem é preciso para afastar o estresse?

Na prática clínica, observamos que os pacientes saem bem após uma sessão de massagem. Sentindo-se mais leves, renovados, livres de tensões. A sensação de leveza vem da melhora da circulação sanguínea por meio da soltura muscular, melhor nutrição dos tecidos e oxigenação das células, o que leva a uma liberação das fáscias musculares, fazendo com que a pessoa sinta uma liberdade de movimentos. Em termos psíquicos, dá maior clareza...

Leia Mais
Entre as massagens, porque a calatonia é uma das mais populares?
jul29

Entre as massagens, porque a calatonia é uma das mais populares?

A calatonia foi criada pelo médico húngaro Petho Sandor. Que trabalhando em Budapeste no Hospital da Cruz Vermelha durante a Segunda Grande Guerra, desenvolveu esta técnica de relaxamento por meio de toques sutis aplicados nos pés e panturrilha. Ela vem sendo utilizada no Brasil, para onde ele migrou, com excelentes resultados clínicos, tanto na redução dos sintomas do estresse, como um processo reparador e reconstituinte de energia...

Leia Mais
Em hospitais, a massagem tem função preventiva?
jul29

Em hospitais, a massagem tem função preventiva?

Pode-se utilizar a massagem em certos pacientes internados e ambulatoriais como instrumento para o relaxamento. A pessoa que está vivendo um processo de doença tem, em geral, um pano de fundo emocional que precisa ser olhado e cuidado. Medo, insegurança, tensões tendem a ser minimizados quando se oferece recursos que permitem maior integração entre a mente e o corpo. O relaxamento cria um estado de calma interior que possibilita que a...

Leia Mais
Como a massagem atua no organismo?
jul29

Como a massagem atua no organismo?

A pele é um órgão cuja origem embrionária é a mesma do sistema nervoso central. Na pele existem inúmeros sensores que captam informações (dados a respeito de tato, pressão e temperatura) e transmitem ao cérebro. A pele e os órgãos dos sentidos enviam sinais sobre esta interação entre o corpo e o mundo externo ao cérebro. O sistema nervoso autônomo responsável pelo relaxamento e bem-estar é o sistema nervoso parassimpático. Este...

Leia Mais
Massagens podem ajudar no tratamento de ansiedade e depressão?
jul29

Massagens podem ajudar no tratamento de ansiedade e depressão?

Sim. É importante considerar que as tensões do dia a dia refletem em nosso corpo. Estados de estresse, ansiedade e depressão têm um componente físico-psíquico. A massagem é um coadjuvante benéfico e importante, pois promove uma desaceleração do organismo, permitindo que se recomponha.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Técnicas de respiração ajudam no controle das crises?
jul29

Técnicas de respiração ajudam no controle das crises?

As técnicas de respiração e, ainda, o controle dos batimentos cardíacos e o relaxamento de grupos musculares, são extremamente importantes para ajudar as crises ansiosas. Um dos primeiros sinais da ansiedade é o descompasso da respiração e dos batimentos cardíacos, por isso aprender a controla-los fornece uma ferramenta essencial para recobrar o equilíbrio.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Qual a frequência de meditação recomendada?
jul28

Qual a frequência de meditação recomendada?

O ideal é meditar diariamente. Mas de três a cinco vezes por semana já é possível sentir uma grande diferença. Dedicar-se de 30 a 45 minutos por sessão ajuda a aliviar os sintomas da ansiedade. O iniciante deve começar aos poucos, com cerca de 10 a 15 minutos de prática por sessão.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A modalidade mindfullness (“atenção plena”, em tradução livre) ensina a se concentrar no presente. Como isso reduz a ansiedade?
jul28

A modalidade mindfullness (“atenção plena”, em tradução livre) ensina a se concentrar no presente. Como isso reduz a ansiedade?

Prestar atenção no momento presente, desligando-se do passado e do futuro, exige exercícios e treinamento. O importante é que, ao focar no hoje, a pessoa não se deixa levar pelo turbilhão de emoções do dia a dia, afastando a ansiedade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A meditação colabora com o tratamento da ansiedade?
jul28

A meditação colabora com o tratamento da ansiedade?

Para quem tem uma ansiedade patológica, que necessita de acompanhamento de um profissional de saúde mental, a meditação funciona como a coadjuvante no tratamento. Mas, nesse caso a pessoa tem que experimentar e ver se a prática meditativa se encaixa no seu perfil – como se faz na escolha de uma atividade física. Pessoas que têm facilidade para manter a disciplina, por exemplo, costumam gostar. A meditação ajuda a diminuir os níveis de...

Leia Mais
A meditação ajuda na prevenção da ansiedade?
jul28

A meditação ajuda na prevenção da ansiedade?

Certamente. Quem medita regularmente tem respostas diferentes em situações de estresse, conseguindo administrá-las melhor. Meditar ajuda, na realidade, na percepção para fazer escolhas melhores. A redução do estado de ansiedade, nesse sentido, é uma consequência.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A acupuntura é uma boa opção para aliviar os sintomas da ansiedade e do estresse?
jul28

A acupuntura é uma boa opção para aliviar os sintomas da ansiedade e do estresse?

Sim. Mas deve ser considerada um tratamento complementar às técnicas de medicina comportamental.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
O uso prolongado de medicamentos para ansiedade pode causar dependência?
jul27

O uso prolongado de medicamentos para ansiedade pode causar dependência?

Dependendo do medicamento e da quantidade, sim. Mas, o uso criterioso e dentro da prescrição médica não causa nenhuma dependência. O problema é que na crise, alguns pacientes tomam o primeiro comprimido e, se a ansiedade não passa rapidamente, tomam outros sucessivamente. Esse comportamento acarreta não somente dependência, mas superdosagem e intoxicação medicamentosa, o que oferece risco de morte. Os medicamentos, quaisquer que...

Leia Mais
Em caso positivo, explique como essas medicações funcionam no organismo.
jul27

Em caso positivo, explique como essas medicações funcionam no organismo.

Variam caso a caso. Para a patologia da hiperatividade cerebral, por exemplo, não se usa ansiolíticos, mas estabilizadores neuronais, também conhecidos como neuroprotetores, para permitir que os neurônios “suportem” essa “velocidade excessiva”. Existem diversos estabilizadores neuronais disponíveis atualmente, como topiramato, lamotrigina, oxcarbazepina e clonazepam (um benzodiazepínico).   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Durante a psicoterapia há necessidade de tomar alguma medicação?
jul27

Durante a psicoterapia há necessidade de tomar alguma medicação?

Anteriormente à evolução da Psiquiatria moderna ou das chamadas neurociências, somente os modelos psicoterápicos ofereciam explicações e tratamentos para as ansiedades. Atualmente, com maior conhecimento dos mecanismos cerebrais em termos de sistemas, bioquímica, bioeletricidade, áreas e programas cerebrais, sabe-se que existem muitos tipos de ansiedade cuja causa é, principalmente, biológica. Nestes casos, o uso de medicamentos pode...

Leia Mais
A psicoterapia ajuda na prevenção da ansiedade?
jul27

A psicoterapia ajuda na prevenção da ansiedade?

A psicoterapia auxilia no entendimento dos fatores determinantes na ansiedade. Ajudando a reconhecer os sinais ansiosos e a mudar o comportamento diante dessas situações. A pessoa passa a ter uma visão de autocrítica mais esclarecida. Aliado a isso, também são necessárias mudanças no estilo de vida, como aderir a prática de exercícios físicos e de atividades que combatem o estresse, além da melhora na alimentação, abandono de vícios e...

Leia Mais
Quanto tempo dura o tratamento com psicoterapia?
jul24

Quanto tempo dura o tratamento com psicoterapia?

Em casos mais graves, como estresse pós-traumático, por exemplo, a psicoterapia varia entre um ano e meio a dois anos, em média. Terapias mais longas, como de cinco a dez anos, geralmente são aplicadas a doenças mais graves e raras, como o transtorno de personalidade borderline, entre outras. Através da medicina comportamental é possível não só resolver o problema, como também oferecer ao paciente a oportunidade de se autoconhecer...

Leia Mais
Como a psicoterapia trata a ansiedade?
jul24

Como a psicoterapia trata a ansiedade?

Existem muitas linhas de psicoterapia e cada linha ou vertente abordará a ansiedade segundo seus pressupostos. Algumas linhas de psicoterapia irão buscar as raízes primárias ou traumáticas originais da ansiedade na vida do indivíduo, outras irão abordar a ansiedade dentro da visão do desenvolvimento da personalidade, outras ainda tratarão a ansiedade dentro de uma visão existencial, e outras tratarão a ansiedade dentro de uma visão...

Leia Mais
Quanto tempo dura um tratamento com diversas estratégias?
jul24

Quanto tempo dura um tratamento com diversas estratégias?

Varia de acordo com multicausalidade do quadro, que o tornará mais fácil ou mais resistente ao tratamento. Depende também do relacionamento paciente/médico ou psicólogo e, ainda, de acesso aos meios terapêuticos e aos meios diagnósticos.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como tratar a ansiedade?
jul24

Como tratar a ansiedade?

Os antidepressivos e a psicoterapia cognitiva-comportamental são os tratamentos mais eficientes utilizados na atualidade.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A ansiedade patológica é um fator de risco para o Alzheimer?
jul24

A ansiedade patológica é um fator de risco para o Alzheimer?

Essa teoria sobre ansiedade e Alzheimer é questionável. Existe uma nova associação entre este quadro e a ansiedade, mas não há um nexo causal. Mesmo que muitos pacientes com Alzheimer tenham ansiedade, existem outros fatores causadores de confusão. A ansiedade leva ao envelhecimento precoce e insônia, mas a ligação direta entre ansiedade e a doença não é contundente e não apresenta evidências científicas. De acordo com uma pesquisa de...

Leia Mais
Por que é comum “ter um branco” durante crises ansiosas?
jul24

Por que é comum “ter um branco” durante crises ansiosas?

Porque a ansiedade modifica o padrão cerebral. Pessoas ansiosas pensam de forma mais rápida e instintiva, ficando imersas em certa dificuldade e problema. Isso diminui a qualidade da atenção, da criatividade e da memória, deixando o indivíduo mais imediatista. A função cognitiva e intelectual global piora, por isso pessoas ansiosas e estressadas tem um rendimento inferior no trabalho.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Como as sinapses se comportam durante uma crise ansiosa?
jul23

Como as sinapses se comportam durante uma crise ansiosa?

Todo o comportamento humano depende das sinapses, que promovem a comunicação entre dois neurônios. No caso de uma crise de ansiedade existe maior atividade nas vias excitatórias, deixando a pessoa mais “elétrica”. A sinapse fica mais ativa, liberando mais noradrenalina e diminuindo as vias de substâncias tranquilizantes como a serotonina e a dopamina.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Que áreas do cérebro são desativadas em momentos de ansiedade?
jul23

Que áreas do cérebro são desativadas em momentos de ansiedade?

Podem ser desativadas regiões do lobo frontal, que fazem o julgamento da razão. Por isso, ansiosos normalmente são mais impulsivos e têm os nervos “à flor da pele”. Em compensação, as áreas mais profundas, como amígdala, hipocampo e hipotálamo, ficam mais ativadas, deixando as pessoas mais instintivas. Áreas que coordenam as funções sexuais, instestinais e racionais, por exemplo, passam a funcionar menos, dando espaço para funções que...

Leia Mais
Como ocorrem as alterações neuroquímicas decorrentes da ansiedade?
jul23

Como ocorrem as alterações neuroquímicas decorrentes da ansiedade?

Quando o cérebro reconhece um perigo, ele aciona o sistema que convencionou-se chamar de “reação de luta ou fuga”. Nesse processo, algumas regiões do órgão são ativadas e outras desativadas. O sistema simpático promove uma série de mudanças no cérebro, causando a dilatação das pupilas, acelerando os batimentos do coração, deixando o corpo trêmulo, elevando a pressão, convergindo o sangue para os músculos (o que deixa a pele...

Leia Mais
A ansiedade se relaciona ao bruxismo?
jul22

A ansiedade se relaciona ao bruxismo?

Problemas nos dentes também podem estar associados a problemas emocionais ou de outra ordem. Por isso é preciso que o problema não seja visto de forma isolada. O bruxismo é considerado uma desordem psicofisiológica, o que significa que existem fatores físicos, psicológicos e neurofisiológicos que contribuem para tal desordem. Dessa maneira, as causas podem ser agravadas por fatores físicos e comportamentais, caracterizando uma...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona à saúde bucal?
jul22

Como a ansiedade se relaciona à saúde bucal?

Podem ocorrer lesões bucais causadas pela baixa imunidade e alteração do pH bucal, gerando úlceras aftosas e aftas. No que concerne à saúde bucal, podem ocorrer bruxismo e herpel labial devido ao hábito de morder constantemente as mucosas bucais, causando traumatismos constantes na mesma região.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Qual a relação entre a ansiedade e a hiperidrose?
jul22

Qual a relação entre a ansiedade e a hiperidrose?

A problemática da hiperidrose gira em torno do excesso de sudorese. Trata-se de uma desordem fisiológica caracterizada por suor excessivo. Em algumas pessoas, pode ser nas mãos, nos pés, nas axilas, inguinal ou crânio-facial, por vezes acompanhado de rubor facial. Esta sudorese excessiva é muito constrangedora e acaba por dificultar atividades diárias, seja no âmbito profissional ou social. Atividades corriqueiras como escrever,...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona a doenças de pele e à queda de cabelos?
jul22

Como a ansiedade se relaciona a doenças de pele e à queda de cabelos?

A ansiedade é o gatilho de várias doenças dermatológicas. Como dermatites atópicas ou seborreicas, eczemas, psoríase, alopecia, dermatite seborreica, dentre outras. O estresse representa uma força que ameaça romper o equilíbrio homeostático do organismo. Tudo começa com o estímulo estressor, que precipita a reação no cérebro, ativando o sistema físico. A influência da ansiedade crônica e seus efeitos na causa de doenças inflamatórias...

Leia Mais
Por que a ansiedade impacta no funcionamento do intestino?
jul21

Por que a ansiedade impacta no funcionamento do intestino?

Em casos de ansiedade, há uma excitação dos nervos dos intestinos. Fazendo com que ocorra uma aceleração do movimento dos mesmos e, consequentemente, a diarreia. Além disso, a síndrome do intestino irritável pode estar relacionada à ansiedade, gerando tanto diarreia quanto prisão de ventre.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A ansiedade leva ao aparecimento da gastrite?
jul21

A ansiedade leva ao aparecimento da gastrite?

Não especificamente. Apenas a ansiedade não leva ao aparecimento de gastrite, mas pode desencadear uma série de sintomas típicos da doença.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade reflete no aparelho digestivo?
jul21

Como a ansiedade reflete no aparelho digestivo?

A ansiedade gera sintomas no aparelho digestivo, pois um mero problema acaba sendo amplificado. A aerofagia (o ato de engolir ar) aumenta a distensão do estômago e, consequentemente, dos intestinos, levando as dores e desconfortos digestivos.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona às dores no peito?
jul21

Como a ansiedade se relaciona às dores no peito?

O ansioso tende a encurtar o movimento respiratório, o que aumenta as chances de dores na região do peito. Entretanto, esse sintoma também pode estar relacionado ao aumento da pressão arterial ou a problemas cardíacos.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona às dores de cabeça?
jul20

Como a ansiedade se relaciona às dores de cabeça?

Das dores causadas pela ansiedade, a mais comum é a cefaleia. Isso porque, nos casos patológicos o cortisol fica constantemente elevado, alterando os níveis glicêmicos e a frequência cardíaca. A contratura dos músculos da cabeça também colabora para as dores, pois as fibras musculares encurtam, comprimindo terminações nervosas e resultando no incômodo.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona a dores musculares?
jul20

Como a ansiedade se relaciona a dores musculares?

Com o excesso de ansiedade e tensão ocorre a contratação da musculatura voluntária do corpo. Dependendo das atividades do indivíduo, esses incômodos podem aparecer em diferentes áreas, como na região cervical, na lombar, no joelho, na coxa, no tornozelo e, até mesmo, na cabeça. A fibromialgia, que tem como sintomas as dores em diversas partes do corpo, é frequente em pessoas com elevados níveis de ansiedade.   Fonte: Guia Saúde...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona a gripes e doenças respiratórias?
jul20

Como a ansiedade se relaciona a gripes e doenças respiratórias?

Pessoas submetidas à ansiedade patológica têm baixas na imunidade, devido aos altos níveis de cortisol. Por isso, o indivíduo fica mais vulnerável a infecções respiratórias nas vias aéreas superiores ou pulmonares.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona ao diabetes?
jul20

Como a ansiedade se relaciona ao diabetes?

É muito comum que as pessoas ansiosas tenham alteração no cortisol, hormônio que aumenta a glicemia. Por isso, indivíduos muito ansiosos estão mais predispostos a desenvolver o diabetes tipo 2. Mesmo quem sofre de diabetes tipo 1, quando exposto à ansiedade patológica, tem dificuldades para controlar a glicemia. E mais: quando o nível glicêmico está alto, a pessoa tende a comer exageradamente, descompensando a doença.   Fonte:...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona às alterações de atenção?
jul20

Como a ansiedade se relaciona às alterações de atenção?

Existe uma relação entre a ansiedade e os distúrbios de atenção. O ansioso geralmente não consegue focar no momento presente com a devida atenção: concentra-se no futuro (pois é um antecipador) ou dispersa nos estímulos que o rodeiam. A ansiedade o estimula a dar atenção a tudo ao mesmo tempo e, assim, não mantém o foco com a devida atenção em nada.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona aos problemas de memória?
jul17

Como a ansiedade se relaciona aos problemas de memória?

No estado de ansiedade, o nível de atenção e concentração fica comprometido. Por isso, o registro de memória também é prejudicado e, se a pessoa não guarda a informação, não é possível recuperá-la, ocorrendo o famoso “branco”. Vale ressaltar que está cada vez mais comum ver jovens reclamando de problemas de memória.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona às doenças cardiovasculares?
jul17

Como a ansiedade se relaciona às doenças cardiovasculares?

A elevação do cortisol, decorrente da cronificação da ansiedade, leva o aumento na pressão arterial. E também inflamações do organismo e pode acarretar em infartos e acidentes vasculares cerebrais (AVCs). A ocorrência dessas manifestações dependerá da fragilidade do indivíduo, ou seja, de sua genética.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona ao aumento da pressão arterial?
jul17

Como a ansiedade se relaciona ao aumento da pressão arterial?

O cortisol é uma espécie de “hormônio comandante”. E, quando sua concentração está elevada, acaba aumentando a viscosidade das plaquetas, o que eleva a frequência cardíaca. O corpo, ao reagir a essas mudanças, aumenta a pressão arterial. Por isso grande parte dos indivíduos ansiosos e estressados manifesta taquicardia, elevação da frequência cardíaca e pressão arterial.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Como a ansiedade se relaciona ao aumento das reações alérgicas?
jul17

Como a ansiedade se relaciona ao aumento das reações alérgicas?

A cascata de reações inflamatórias causada pela ansiedade patológica pode se manifestar na pele através de alergias a alimentos ou a determinados produtos. Isso ocorre por causa da ativação do sistema inflamatório, que pode desencadear doenças autoimunes – também ligadas às alterações cutâneas.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade pode levar ao aumento das inflamações?
jul16

Como a ansiedade pode levar ao aumento das inflamações?

A ansiedade se manifesta no corpo através do aumento da frequência cardíaca e respiratória e da elevação da glicemia e pressão arterial. Em uma reação ansiosa normal, essas alterações são pequenas, mas em quadros patológicos as consequências ficam intensas. Nestes casos, a elevação crônica do cortisol pode desencadear uma série de sintomas, entre eles as inflamações que favorecem o surgimento de outras doenças.   Fonte: Guia...

Leia Mais
A ansiedade pode desencadear transtornos do humor?
jul16

A ansiedade pode desencadear transtornos do humor?

Quando patológica ou doentia, a ansiedade pode e, geralmente, desencadeia mais de um transtorno de humor. São exemplos a síndrome de pânico e o transtorno de ansiedade generalizada (TAG). Vale ressaltar que períodos prolongados de ansiedade consomem muita energia psíquica e podem produzir estados depressivos.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como a ansiedade pode levar à depressão?
jul16

Como a ansiedade pode levar à depressão?

As mudanças físicas são reflexos de alterações neuroquímicas. Ao manter essas alterações por muito tempo, elas começam a descompensar outros mecanismos cerebrais. Assim, a ansiedade pode causar uma diminuição da produção normal de estimulantes até que os níveis fiquem tão baixos que levem a um quadro depressivo.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A ansiedade pode desencadear doenças?
jul15

A ansiedade pode desencadear doenças?

Algumas doenças vêm juntas, pois se relacionam a quadros de muita pressão. Sabe-se que a ansiedade e depressão estão ligadas ao aparecimento de doenças crônicas, como diabetes, hipertensão, doenças cardiovasculares e quadros de asma, porque aumentam as inflamações no organismo.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como se dá a ação da adrenalina em casos de ansiedade crônica?
jul15

Como se dá a ação da adrenalina em casos de ansiedade crônica?

A adrenalina é relacionada ao estresse. Nessa situação, há liberação tanto da noradrenalina, no cérebro, quando da adrenalina produzida pela glândula adrenal. Ambas aumentam a pressão, geram taquicardia e elevam o risco de arritmias, infartos e AVCs. Por isso, sua liberação deve ser eventual (apenas quando há necessidade) e não a todo o momento.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Existe algum exame para quantificar o cortisol?
jul15

Existe algum exame para quantificar o cortisol?

O exame de hemoglobina glicosilada permite quantificar a ação do cortisol no organismo nos últimos dois meses. Entretanto, a medicina tenta evoluir para um método que consiga registrar um histórico maior, de até seis meses anteriores ao exame.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Como se dá ação do cortisol em casos de ansiedade crônica?
jul15

Como se dá ação do cortisol em casos de ansiedade crônica?

O cortisol é um hormônio ligado ao estresse e à atenção. Ele é liberado pela glândula adrenal quando esta recebe alguma sinalização do cérebro de que existe iminência de perigo. Na ansiedade aguda, o estresse crônico eleva a concentração de cortisol e, junto da adrenalina, aumenta a frequência cardíaca, preparando o corpo para a luta ou fuga. Em pessoas com ansiedade patológica, os níveis de cortisol podem ficar cronicamente elevados....

Leia Mais
O que é transtorno de ansiedade generalizada?
jul14

O que é transtorno de ansiedade generalizada?

O transtorno da ansiedade generalizada é um distúrbio que deixa as pessoas constantemente preocupadas com o futuro e aspectos menores da vida. Como pegar o carro no mecânico ou fazer compras, entre outros eventos corriqueiros. Costuma-se dizer que quem sofre deste transtorno tem intolerância em relação às incertezas futuras. São indivíduos que ficam o tempo todo tentando correr atrás de tudo, mas nem sempre conseguem dar conta das...

Leia Mais
É possível que a pessoa não se dê conta que tem TOC?
jul14

É possível que a pessoa não se dê conta que tem TOC?

Em alguns quadros, se o paciente já convive com o TOC desde a infância, o pensamento obsessivo desencadeador do comportamento compulsivo pode não ser mais lembrado. A pessoa sente a necessidade de ritualizar para controlar a ansiedade. Nesse caso, o objetivo da terapia é ajudar o indivíduo a entender os gatilhos mentais dos comportamentos compulsivos. Embora seja excessão, o TOC pode envolver traumas prévios, mas o distúrbio está...

Leia Mais
Qual a diferença entre obsessão e compulsão?
jul14

Qual a diferença entre obsessão e compulsão?

Obsessões são pensamentos ou ideias, impulsos, cenas, fantasias e outros, que invadem a consciência de maneira repetitiva e persistente. As compulsões são comportamentos repetitivos, onde a pessoa é levada a executar algo como resposta a regras que devem ser seguidas rigidamente, como por exemplo, lavar as mãos, fazer e refazer verificações, etc. Nesses casos, a pessoa tenta resistir, ignorar os pensamentos obsessivos e os...

Leia Mais
O que é transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)?
jul14

O que é transtorno obsessivo-compulsivo (TOC)?

O transtorno obsessivo-compulsivo (TOC) é aquele em que o indivíduo tem uma ou mais obsessões (eventos mentais) e comportamentos compulsivos. Ele une algum tipo específico de pensamento obsessivo frequente, como o de que alguém da família sofreu um acidente, por exemplo, a uma compulsão, como lavar as mãos ou fazer o sinal da cruz, para aliviar a ansiedade e levar ao esquecimento desse pensamento. É muito comum que as obsessões se...

Leia Mais
O que é o transtorno do pânico?
jul13

O que é o transtorno do pânico?

São crises de ansiedade repentinas, durante as quais a pessoa tem sensação de morte e/ou enlouquecimento. Entretanto, não se morre devido a crises de ansiedade. Outro sintoma é a falta de ar, embora o indivíduo esteja com mais ar no sangue do que o necessário. A maioria dos pacientes é tratada sem a necessidade de tomar medicamentos, tendo bons resultados por meio do aprendizado e da prática de técnicas de redução de ansiedade. Mas,...

Leia Mais
O bullying pode gerar crises de ansiedade?
jul13

O bullying pode gerar crises de ansiedade?

Sim. O bullying (tido como a prática repetitiva de agressão física e/ou verbal) é um clássico gerador de fobia social, embora nem todo indivíduo que o sofreu desenvolva algum tipo de transtorno.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
O que é a fobia social?
jul13

O que é a fobia social?

Fobia social é o terror diante de uma situação social. Todos têm ansiedade em ocasiões atípicas, como ocorre ao comer em um restaurante muito cheio, falar em público, dar uma aula, se expor em uma reunião ou dinâmica de grupo, entre outras situações. Mas, essa ansiedade geralmente é pequena e possível de ser controlada, desaparecendo após os primeiros minutos. Entretanto, em boa parte dos casos de fobia social, mesmo que não se...

Leia Mais
Como reconhecer o stresse pós-traumático?
jul13

Como reconhecer o stresse pós-traumático?

Após um trauma, é normal sofrer o que chamamos de transtorno do estresse agudo, que dura cerca de um mês e passa aos poucos. Essa marca de tempo é relativa e pode variar para mais ou menos, dependendo da intensidade do trauma. Na maioria das vezes, os pesadelos e revivescências são superados após algum tempo, mas caso isso não ocorra, considera-se a possibilidade de estresse pós-traumático.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Fobia é diferente de estresse pós-traumático?
jul08

Fobia é diferente de estresse pós-traumático?

Sim. No estesse pós-traumático (TEPT, na sigla em inglês) o paciente não revive o trauma, apenas sofre crises de ansiedade quando se depara com o objeto ou situação fóbica. O TEPT ocorre quando a pessoa passa por um trauma, como abuso sexual ou episódio de violência, e passa reviver esse momento em pesadelos ou mesmo acordada. Também pode derivar de eventos aparentemente menos graves, mas que tiveram um grande impacto para o paciente,...

Leia Mais
Como curar as fobias específicas?
jul08

Como curar as fobias específicas?

A maior parte das fobias tem resolução espontânea na infância, sendo que apenas uma minoria as mantém na vida adulta. Embora a maioria das pessoas lide com o problema ao longo da vida apenas se esquivando das situações fóbicas, a terapia comportamental oferece grandes chances de cura.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
O que ocorre quando o ansioso se depara com sua fobia?
jul08

O que ocorre quando o ansioso se depara com sua fobia?

Ao enfrentar o objeto fóbico, seja um inseto ou o elevador, ocorre a crise de ansiedade. Nessa hora, em casos mais graves, o indivíduo quer fugir daquela situação como se fugisse de um predador. É possível que a pessoa também desenvolva pavor de outros animais ou situações parecidas, pois a fobia também se relaciona a elementos periféricos da experiência vivida. As possibilidades de fobias são infinitas, uma vez que estão ligadas a...

Leia Mais
Quais são os transtornos de ansiedade mais frequentes?
jul08

Quais são os transtornos de ansiedade mais frequentes?

São as chamadas fobias específicas, que atingem de 10 a 12% da população, sendo comum que não haja procura por tratamento. A mais frequente é a fobia de animais e insetos. Existem também fobias de tempestades e raios, de altura, de sangue e de locais fechados, entre outras. Essas fobias podem ter origem em traumas, mas nem sempre o indivíduo se lembra do fato, principalmente quando ocorrem antes dos três anos de idade – fase da qual...

Leia Mais
Qual é a incidência da ansiedade na fase de exaustão?
jul08

Qual é a incidência da ansiedade na fase de exaustão?

A incidência da ansiedade na fase de exaustão é muito alta em grandes cidades. Na capital paulista, por exemplo, o número de pessoas na fase exaustiva é tão alto que o índice é comparado aos de zonas em guerra.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
É possível reverter a ansiedade quando ela chega à exaustão?
jul07

É possível reverter a ansiedade quando ela chega à exaustão?

Na fase da exaustão, considera-se que o indivíduo está doente por estresse. Vale reforçar que o estresse não é uma doença e sim um processo que faz parte da vida, mas que pode culminar em complicações quando se passa mais tempo estressado do que relaxado. Ao entrar na fase de resistência, existe uma tendência à cronificação, mas ainda é possível recuar, por meio de mudanças e resolução de conflitos nos âmbitos doméstico e...

Leia Mais
O que caracteriza cada uma das fases do estresse que levam à ansiedade?
jul07

O que caracteriza cada uma das fases do estresse que levam à ansiedade?

Na fase de alerta, os picos de cortisol ocorrem apenas quando a pessoa enfrenta algum momento de ansiedade, mas duram poucos minutos. Na fase de resistência, esses picos acontecem o tempo todo, mantendo a concentração de cortisol constantemente elevada. Já na fase de exaustão, considerada patológica, o estresse pode levar a doenças secundárias.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Por que o problema não deve ser simplesmente ignorado?
jul07

Por que o problema não deve ser simplesmente ignorado?

Quando a ansiedade está na fase de exaustão, o paciente apresenta um conjunto de doenças que podem trazer complicações futuras caso não sejam tratadas, por isso não se deve ignorar o problema. Entretanto, é necessário que o indivíduo trate, concomitantemente, a fonte desses distúrbios, procurando um psiquiatra que indicará as estratégias terapêuticas adequadas (medicamentosas e/ou não medicamentosas). Caso isso não seja feito, o...

Leia Mais
Tiques e comportamentos compulsivos são sinais de ansiedade?
jul07

Tiques e comportamentos compulsivos são sinais de ansiedade?

Certamente. Algumas manias, como roer as unhas, chacoalhar as pernas por longos períodos, arrancar os pelos, cutucar a pele o tempo todo, trabalhar sem parar, entre outros costumes, são consideradas compulsões. Comer em excesso também é uma compulsão, o que explica o fato de a ansiedade estar na base da atual epidemia de obesidade. Esses comportamentos têm o objetivo de diminuir a ansiedade, mas só funcionam por minutos ou horas. As...

Leia Mais
Os sintomas da ansiedade são persistentes?
jul06

Os sintomas da ansiedade são persistentes?

Na maioria das vezes as reações são passageiras e têm picos relacionados ou não a situações de estresse. Porém, pessoas que têm tendências ou predisposição genética a desenvolver transtornos de ansiedade, como ataques de pânico e fobias, devem procurar profissionais especializados em saúde mental para uma abordagem terapêutica, com ou sem o uso de medicamentos. Estes tratamentos deverão ser iniciados precocemente, assim que aparecerem...

Leia Mais
Como lidar com a ansiedade patológica?
jul06

Como lidar com a ansiedade patológica?

Quando a ansiedade impede a pessoa de realizar as atividades do dia a dia plenamente, muitas vezes é necessário associar terapia e medicação para voltar à normalidade. Mas os tratamentos variam de acordo com o que desencadeia a crise, pois a ansiedade não parte apenas do estresse, mas de uma situação influente, como no caso de estresse pós-traumático, por exemplo.   Fonte: Guia Saúde Hoje e...

Leia Mais
Existe algum exame para diagnosticar a ansiedade patológica?
jul06

Existe algum exame para diagnosticar a ansiedade patológica?

O cortisol pode ser dosado, mas não existe um exame que faça o diagnóstico de ansiedade. Há pessoas que são ansiosas e não apresentam altas dosagens, enquanto outras têm níveis de cortisol elevado por outros motivos que não a ansiedade. Dessa forma, o diagnóstico da ansiedade patológica é feito na entrevista, com observação de sintomas físicos que caracterizam o estresse. A dosagem do cortisol pode auxiliar, mas não é usada...

Leia Mais
Quais são os principais sintomas da ansiedade patológica?
jul06

Quais são os principais sintomas da ansiedade patológica?

Os alertas exagerados desencadeiam um aumento de adrenalina, com impacto no metabolismo, e têm efeito somático, como dores musculares, diarreia e vômitos. Também deixam o indivíduo mais suscetível a reações alérgicas, aumento de pressão arterial, tonturas, alterações de atenção e memória.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
O que é ansiedade patológica?
jul03

O que é ansiedade patológica?

Ansiedade patológica é um desequilíbrio funcional nos estados de expectativas ou vigilância do que está por vir, que se manifesta de maneira exagerada ou imprópria. Os estados patológicos de ansiedade desencadeiam reações químicas de defesa ou ataque a algo, definido ou não, que gere sensação de ameaça.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
Até que ponto a ansiedade é considerada normal?
jul03

Até que ponto a ansiedade é considerada normal?

Para identificar quando a ansiedade ultrapassou o limite considerado normal é preciso atentar-se ao tempo que o indivíduo consegue ficar fora do processo de estresse. Se ele se sente ansioso na maior parte do tempo, então é possível que haja anormalidade. O processo de estresse é dividido em três fases: alerta, resistência e exaustão. O ser humano é muito resistente ao estresse, então podem ser necessários muitos anos para que o...

Leia Mais
Quando procurar ajuda médica?
jul03

Quando procurar ajuda médica?

A ansiedade considerada normal é circunscrita a eventos ou episódios fora da rotina e seus sintomas desaparecem na sequencia. A segunda, tida como patológica, incapacita a pessoa. Nesse caso, deve-se pedir ajuda profissional. Os clínicos gerais são a linha de frente, pois estão capacitados para reconhecer, orientar (checando se o paciente dorme horas de sono suficientes, se não usa álcool, tabaco e drogas, etc) e, se for preciso,...

Leia Mais
Quando a ansiedade pode ser positiva?
jul02

Quando a ansiedade pode ser positiva?

A ansiedade pode ser transformada em algo produtivo ao usar a adrenalina como estimulante. Não há nada de errado com quem mergulha em um projeto e trabalha nele 12 horas por dia, por exemplo, desde que haja momentos para se desligar. Por isso, é importante encontrar uma válvula de escape, como a prática de exercícios físicos – a melhor aposta para relaxar. Para a ansiedade ser positiva, precisa-se balancear trabalho, lazer e,...

Leia Mais
Existe uma ansiedade boa e outra ruim?
jul02

Existe uma ansiedade boa e outra ruim?

Sim. O caráter ambíguo da ansiedade é inerente à origem da espécie humana (que herdou um sistema nervoso com tendência a esse sentimento) e também ao temor devido às situações de estresse as quais foi submetida ao longo da evolução. Como reflexo, o homem passou a ter certa compulsão por estar sempre no comando de tudo e, quando não se sente no controle, surge a ansiedade. Ela é considerada boa e normal quando aparece e logo passa, mas...

Leia Mais
A ansiedade é sempre negativa?
jul02

A ansiedade é sempre negativa?

A ansiedade nem sempre é ruim, pode ser apenas consequência de um processo no qual o cérebro identifica que o indivíduo está diante de uma situação nova e desconhecida. Por exemplo: em um processo de ansiedade normal ocorre o aumento da vigilância, que faz prestar mais atenção aos barulhos e a tudo que está ao redor, e algumas alterações físicas, como a aceleração dos batimentos cardíacos e da respiração. Essas adaptações contribuem...

Leia Mais
A ansiedade é algo que vem de fora ou de dentro?
jul02

A ansiedade é algo que vem de fora ou de dentro?

A ansiedade é a manifestação temperamental a qual somando-se fatores genéticos, características individuais, situação de vida e vulnerabilidade biológica a fatores estressantes. A vida social também pode ser uma das vulnerabilidades, caso existam cobranças constantes e preocupações excessivas. Isso leva a alterações do sono, aumento da frequência cardíaca e, consequentemente, à ansiedade. Assim, trata-se de uma junção de...

Leia Mais
Quais são as causas mais comuns?
jul01

Quais são as causas mais comuns?

A ansiedade geralmente ocorre em decorrência de razões ambientais. Como trabalho, relações familiares e afetivas, pela própria personalidade ou por dificuldades em gerenciar a vida. É normal entrarmos e sairmos desse processo de estresse várias vezes ao longo da vida.   Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Leia Mais
A ansiedade é uma doença?
jul01

A ansiedade é uma doença?

A ansiedade é considerada uma emoção normal, assim como tristeza, felicidade, raiva, culpa, entre outros sentimentos. Trata-se de um sentimento parecido com o medo, mas não a mesma coisa, ainda que na prática se misturem. Pode-se dizer que a ansiedade tem duas faces: em uma deseja-se que coisas boas aconteçam e, na outra, que as ruins não. Em ambos os casos, a mente está no futuro e o corpo no presente – o que caracteriza a ansiedade....

Leia Mais
Qual a diferença entre estar ansioso e ser ansioso?
jul01

Qual a diferença entre estar ansioso e ser ansioso?

Há quem esteja ansioso por causa de eventos que acontecem devido a uma série de distúrbios bioeletroquímicos. Geralmente decorrentes de lesões precoces ocorridas no sistema nervoso central ainda em formação (por conta de viroses, hipóxias, alterações de desenvolvimento e até por fatores psicológicos, como a síndrome de separação entre mãe e filho). É o caso da patologia chamada de hiperatividade cerebral, na qual, por uma série de...

Leia Mais
O que é ansiedade?
jul01

O que é ansiedade?

A ansiedade é uma manifestação psíquica e comportamental inerente a todos os seres humanos. Trata-se de um estado de alerta ou vigilância do que está por vir. É importante destacar que sem ela não seria possível sobreviver, fazer planos ou imprimir ações.

Leia Mais
Dengue
abr29

Dengue

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda causada por um vírus da família Flaviridae e é transmitida, no Brasil, através do mosquito Aedes aegypti, também infectado pelo vírus. Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública de todo o mundo.

Leia Mais