Dores nos Pés: Um sintoma preocupante

Dores nos Pés: Um sintoma preocupante

As dores nos pés atingem muitas pessoas no cotidiano. Os graus de dor são diferentes de indivíduo para indivíduo, mas muitos passam por tal problema que o ato de andar é um grande sofrimento.

 

As causas para que se inicie as dores passam pelo uso inadequado de calçados. As economias, quando se compra produtos falsificados, por exemplo, podem se refletir no gatilho de algum malefício na planta do pé.

 

Além de excesso de peso, o que sobrecarrega os pés, vida sedentária e outros problemas genéticos que podem fragilizar a composição da região. Sem os cuidados isso pode se tornar crônico.

 

Sintomas

 

Ao andar ou movimentar o pé sentir dor no local, assim como inchaço, arroxeados, rigidez, estalos excessivos são alguns dos sintomas que aparecem. Eles são a sinalização que a área afetada precisa de cuidados médicos.

 

Para o médico ortopedista, Marco Antonio Ambrosio, os calçados podem afligir de acordo com seu formato “O uso do sapato rasteiro provoca a dor na sola do pé próximo do calcanhar. Enquanto isso, o salto alto desenvolve a dor na parte frontal do pé”.

 

Com as dores desenvolvidas nos pés é preciso buscar tratamento médico. Após avaliação será detectado em que setor tal malefício acontece. A sola do pé pode apresentar dois tipos de problemas: Talalgia e Metatarsalgia.

 

 

As Doenças mais comuns:

 

A talalgia é um dor que acontece detrás da planta do pé. Sua característica é a inflamação que acometa na estrutura do pé e chega próxima aos dedos. Sem tratamento se expande em um esporão. Nesse momento é preciso cuidar de ambos. Sendo o tratamento direcionado a inflamação e também ao esporão.

 

A metatarsalgia ataca abaixo dos ossos do metatarso e ao lado dos dedos. Ou seja, parte frontal do pé, local de sobrecarga ao caminhar. Os cuidados nesse setor são de extrema importância, principalmente para readquirir o simples ato de se locomover.

 

Outras doenças:

 

  • Artrite reumatoide
  • Artrite séptica
  • Bursite
  • Calos e calosidades
  • Dedos em martelo
  • Doença óssea de Paget
  • Fascite plantar
  • Fratura no tornozelo, pé e dedos
  • Fratura por avulsão
  • Fraturas por estresse
  • Gota
  • Joanete
  • Metatarsalgia
  • Neuroma de Morton
  • Neuropatia diabética
  • Neuropatia periférica
  • Osteoartrite (artrose)
  • Osteófitos
  • Osteomielite
  • Pés chatos
  • Ruptura do tendão de Aquiles
  • Salto alto ou sapatos mal ajustados
  • Síndrome do túnel de tarso
  • Tendinite de Aquiles
  • Tendinites
  • Tumor
  • Unhas encravadas
  • Verrugas plantares

 

Tratamento

 

Alongamentos e uso de gelo no local contribuem para que dores cotidianas sumam. Entretanto é importante ver se o calçado já não está na hora de ser trocado.

 

Para doenças como as listadas no artigo existem tratamentos precisos e que são passados pelo médico. Lembrando sempre que cada caso é um caso.

 

Para os cuidados são prescritos medicamentos que possam desinflamar e tratar os sintomas. Em casos mais sérios e com diagnóstico, a cirurgia pode ser uma saída.

 

Prevenção

 

Mantenha uma vida ativa e com horários para prática esportiva. Assim vai manter o peso e cuidará da saúde.

 

Escolha calçados que possuam uma estrutura acolchoada, mas que sejam rígidos. Dessa maneira os pés ficam protegidos durante as atividades. Sem exagero, pois isso também pode fazer com que os pés desenvolvam dores.

 

Para as mulheres que gostam de saltos, a dica é escolher um que possua amortecimento e não ultrapasse os 4 cm. Assim os pés ficam em boa estatura e os outros setores dos membros inferiores não se desgastam.

Perguntas e Respostas

 

Qualquer dor no pé pode ser grave?

 

Não. Entretanto sentir dor não é normal. Sempre é importante notar se com a troca dos calçados tal problema desaparece.

Além de cuidar da saúde para ajudar que problemas assim não surjam.

Se persistirem sintomas de dor é preciso buscar a ajuda médica em busca de conhecer as causas que te afetam.

 

Qual médico devo procurar para cuidar das dores nos pés?

 

Em um primeiro momento você deve buscar o clínico geral para uma primeira consulta. Caso tenha uma dor extrema no local em algum momento do dia ou da noite procure um médico de emergência para os primeiros socorros.

O ortopedista e o fisioterapeuta prestam cuidados mais específicos para ajudar os pacientes com dores nos pés. O primeiro faz diagnóstico e prescreve o tratamento.

 

Sinto dores durante muitas horas do dia, qual o médico que pode me ajudar?

 

Além dos citados anteriormente, podemos destacar o reumatologista, neurologista, neurocirurgião e os fisiatras. Esses aqui podem encontrar causas que explicam suas dores fortes durante o dia a dia. Pacientes já relataram que as causas de suas dores vinham de problemas em outras partes do corpo. Assim é importante levar os exames feitos com outros profissionais, o que impacta na aceleração de um tratamento.

 

Não gosto de tomar remédios, existe algum tratamento sem eles?

 

Apenas um médico pode dar essa certeza. Você pode buscar  um acupunturista e um massagista para tirar suas dúvidas. Mas siga o seu primeiro contato com um clínico geral para uma avaliação.

 

Gosto de comprar calçados macios e que se dobram, estou certa?

 

Não. Um grande erro das pessoas ao comprarem um calçado é isso. Se o calçado se dobra é porque ele não serve para ser usado. Isso aumenta a carga nos pés. A dor é apenas o primeiro sintoma de um problema que pode se tornar crônico.

Opte por aqueles que são macios e rígidos, assim o movimento de andar, correr, dançar, pular e etc.. fica protegido e sem riscos de atingir qualquer setor do pé.

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Destaques, Dicas, Notícias, NOTÍCIAS, Ortopedia e Traumatologia

Dr. Erick Murata
Ortopedia e Traumatologia atende em SP Dr. Erick Murata - RQE: www.orthosport.com.br Consulta
Dr. Daniel Jorge
Ortopedia e Traumatologia atende em SP Dr. Daniel Jorge - RQE: www.orthosport.com.br Consulta
Dr. André Jorge
Ortopedia e Traumatologia atende em SP Dr. André Jorge - RQE: www.orthosport.com.br Consulta
  • Veja também


Novo tratamento de Enxaqueca

Embora atinja uma a cada sete pessoas, a enxaqueca não tinha no Brasil um tratamento específico – as drogas...

Principais Cirurgias do Coração

Elas podem ser a saída para resolver de vez os problemas que envolvem o coração. Realizadas para reparar os...

Infecção Intestinal

A infecção intestinal normalmente surge após o consumo de alimentos ou água contaminados, podendo haver febre, dor abdominal, vômitos...

Vacina de sarampo em adultos

Os surtos do sarampo em algumas cidades brasileiras levantam a dúvida: afinal, os adultos também devem tomar a vacina?...

Câncer bucal, prevenção

Apesar de estar entre os dez tumores mais comuns do Brasil, o câncer de boca, bem como seus sintomas,...

Ameaças ao coração

As doenças cardiovasculares são líderes em morte no mundo. Dentre estas, o infarto agudo do miocárdio é a causa...

Tratamento da Enxaqueca com Neuroestimulação

Tratamento da Enxaqueca com Neuroestimulação : O primeiro atua contra as crises graças a uma neuroestimulação de alta frequência...

Treine seu cérebro!

Treine seu cérebro! A prática de atividades que exercitam o cérebro é de extrema importância, os neurônios possuem alta...

Pré-Natal

Uma palavra muito conhecida entre as futuras mamães, pré-natal, consultas mensais e uma bateria de exames que cuidarão da...

Herpes Zoster

Conhecido popularmente como “cobreiro” o herpes zoster é causado pelo mesmo vírus da catapora (varicela zoster). Quando a pessoa...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad