Dores nos Pés: Um sintoma preocupante

Dores nos Pés: Um sintoma preocupante

As dores nos pés atingem muitas pessoas no cotidiano. Os graus de dor são diferentes de indivíduo para indivíduo, mas muitos passam por tal problema que o ato de andar é um grande sofrimento.

 

As causas para que se inicie as dores passam pelo uso inadequado de calçados. As economias, quando se compra produtos falsificados, por exemplo, podem se refletir no gatilho de algum malefício na planta do pé.

 

Além de excesso de peso, o que sobrecarrega os pés, vida sedentária e outros problemas genéticos que podem fragilizar a composição da região. Sem os cuidados isso pode se tornar crônico.

 

Sintomas

 

Ao andar ou movimentar o pé sentir dor no local, assim como inchaço, arroxeados, rigidez, estalos excessivos são alguns dos sintomas que aparecem. Eles são a sinalização que a área afetada precisa de cuidados médicos.

 

Para o médico ortopedista, Marco Antonio Ambrosio, os calçados podem afligir de acordo com seu formato “O uso do sapato rasteiro provoca a dor na sola do pé próximo do calcanhar. Enquanto isso, o salto alto desenvolve a dor na parte frontal do pé”.

 

Com as dores desenvolvidas nos pés é preciso buscar tratamento médico. Após avaliação será detectado em que setor tal malefício acontece. A sola do pé pode apresentar dois tipos de problemas: Talalgia e Metatarsalgia.

 

 

As Doenças mais comuns:

 

A talalgia é um dor que acontece detrás da planta do pé. Sua característica é a inflamação que acometa na estrutura do pé e chega próxima aos dedos. Sem tratamento se expande em um esporão. Nesse momento é preciso cuidar de ambos. Sendo o tratamento direcionado a inflamação e também ao esporão.

 

A metatarsalgia ataca abaixo dos ossos do metatarso e ao lado dos dedos. Ou seja, parte frontal do pé, local de sobrecarga ao caminhar. Os cuidados nesse setor são de extrema importância, principalmente para readquirir o simples ato de se locomover.

 

Outras doenças:

 

  • Artrite reumatoide
  • Artrite séptica
  • Bursite
  • Calos e calosidades
  • Dedos em martelo
  • Doença óssea de Paget
  • Fascite plantar
  • Fratura no tornozelo, pé e dedos
  • Fratura por avulsão
  • Fraturas por estresse
  • Gota
  • Joanete
  • Metatarsalgia
  • Neuroma de Morton
  • Neuropatia diabética
  • Neuropatia periférica
  • Osteoartrite (artrose)
  • Osteófitos
  • Osteomielite
  • Pés chatos
  • Ruptura do tendão de Aquiles
  • Salto alto ou sapatos mal ajustados
  • Síndrome do túnel de tarso
  • Tendinite de Aquiles
  • Tendinites
  • Tumor
  • Unhas encravadas
  • Verrugas plantares

 

Tratamento

 

Alongamentos e uso de gelo no local contribuem para que dores cotidianas sumam. Entretanto é importante ver se o calçado já não está na hora de ser trocado.

 

Para doenças como as listadas no artigo existem tratamentos precisos e que são passados pelo médico. Lembrando sempre que cada caso é um caso.

 

Para os cuidados são prescritos medicamentos que possam desinflamar e tratar os sintomas. Em casos mais sérios e com diagnóstico, a cirurgia pode ser uma saída.

 

Prevenção

 

Mantenha uma vida ativa e com horários para prática esportiva. Assim vai manter o peso e cuidará da saúde.

 

Escolha calçados que possuam uma estrutura acolchoada, mas que sejam rígidos. Dessa maneira os pés ficam protegidos durante as atividades. Sem exagero, pois isso também pode fazer com que os pés desenvolvam dores.

 

Para as mulheres que gostam de saltos, a dica é escolher um que possua amortecimento e não ultrapasse os 4 cm. Assim os pés ficam em boa estatura e os outros setores dos membros inferiores não se desgastam.

Perguntas e Respostas

 

Qualquer dor no pé pode ser grave?

 

Não. Entretanto sentir dor não é normal. Sempre é importante notar se com a troca dos calçados tal problema desaparece.

Além de cuidar da saúde para ajudar que problemas assim não surjam.

Se persistirem sintomas de dor é preciso buscar a ajuda médica em busca de conhecer as causas que te afetam.

 

Qual médico devo procurar para cuidar das dores nos pés?

 

Em um primeiro momento você deve buscar o clínico geral para uma primeira consulta. Caso tenha uma dor extrema no local em algum momento do dia ou da noite procure um médico de emergência para os primeiros socorros.

O ortopedista e o fisioterapeuta prestam cuidados mais específicos para ajudar os pacientes com dores nos pés. O primeiro faz diagnóstico e prescreve o tratamento.

 

Sinto dores durante muitas horas do dia, qual o médico que pode me ajudar?

 

Além dos citados anteriormente, podemos destacar o reumatologista, neurologista, neurocirurgião e os fisiatras. Esses aqui podem encontrar causas que explicam suas dores fortes durante o dia a dia. Pacientes já relataram que as causas de suas dores vinham de problemas em outras partes do corpo. Assim é importante levar os exames feitos com outros profissionais, o que impacta na aceleração de um tratamento.

 

Não gosto de tomar remédios, existe algum tratamento sem eles?

 

Apenas um médico pode dar essa certeza. Você pode buscar  um acupunturista e um massagista para tirar suas dúvidas. Mas siga o seu primeiro contato com um clínico geral para uma avaliação.

 

Gosto de comprar calçados macios e que se dobram, estou certa?

 

Não. Um grande erro das pessoas ao comprarem um calçado é isso. Se o calçado se dobra é porque ele não serve para ser usado. Isso aumenta a carga nos pés. A dor é apenas o primeiro sintoma de um problema que pode se tornar crônico.

Opte por aqueles que são macios e rígidos, assim o movimento de andar, correr, dançar, pular e etc.. fica protegido e sem riscos de atingir qualquer setor do pé.

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Destaques, Dicas, Notícias, NOTÍCIAS, Ortopedia e Traumatologia

Dr. Erick Murata
Ortopedia e Traumatologia atende em SP Dr. Erick Murata - RQE: www.orthosport.com.br Consulta
Dr. Daniel Jorge
Ortopedia e Traumatologia atende em SP Dr. Daniel Jorge - RQE: www.orthosport.com.br Consulta
Dr. André Jorge
Ortopedia e Traumatologia atende em SP Dr. André Jorge - RQE: www.orthosport.com.br Consulta
  • Veja também


Descolamento da retina: Como diagnosticar e tratar?

O descolamento da retina é um grave problema e precisa de cuidados médicos de forma urgente. Quando essa fatalidade...

Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a...

Dores de cabeça e Tratamentos

As dores de cabeça afligem a todos, mas os tipos dessa dor nem sempre são iguais. A razão disso...

Quais são os sintomas da Gripe H1N1?

Os sintomas que a gripe H1N1 apresentam estão muito próximos aos que a gripe comum possui. Seu surgimento acontece inesperadamente...

As Doenças que a Acupuntura trata

A acupuntura é uma forma de tratamento terapêutica que tem a China como o seu berço. A técnica prevê...

O que é o Astigmatismo? Sintomas, Causas e Tratamento

Astigmatismo é o defeito óptico resultante de uma curvatura desigual ger. da córnea e mais raramente do cristalino ou...

O que é uma Cesárea?

A cesárea é um tipo de parto que consiste essencialmente de um corte no abdômen e outro no útero...

TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade: Doença atinge inúmeras crianças

O TDAH –  transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tem como característica a presença de sintomas como desatenção, hiperatividade e...

Tafenoquine: Medicamento que trata Malária em apenas uma dose

Doença atinge 8,5 milhões de pessoas ao ano. O medicamento Tafenoquine recebeu autorização dos Estados Unidos, agora outros países...

HIV e DST’s crescem no Brasil

O Ministério da Saúde mostra em recente levantamento o crescimento das DST’s e do HIV, os jovens são os...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad