Artrite Reumatoide – Doença atinge articulações e Tratamentos buscam solucionar os sintomas

Artrite Reumatoide – Doença atinge articulações e Tratamentos buscam solucionar os sintomas

A AR – Artrite Reumatoide é uma doença inflamatória crônica e que tem como efeito atacar pequenas articulações das mãos e dos pés. Além das demais como joelhos, ombros e etc. Esse malefício tem a característica de fazer o sistema imunológico atacar os tecidos. Seu avanço frente ao local atingido causa inchaço que ocasiona dor na pessoa. Com o passar do tempo pode a região apresentar erosão óssea e deformidade articular, o que sem dúvida atrapalha na qualidade de vida.

 

As principais causas para ter a artrite reumatoide é ter casos da doença na família, sendo algo hereditário. Outras formas de contágio ficam por conta de vírus e bactérias. Quando elas chegam ao sangue, o paciente é totalmente comprometido.

 

“Estamos falando de uma doença que não se limita às juntas, mas atinge todo o organismo de maneira sistêmica”, aponta o Dr. Fernando Neubarth, ex-presidente da Sociedade Brasileira de Reumatologia.

 

 

Fumantes ativos e passivos aumentam as chances de desenvolverem artrite reumatoide. Além de sílica, elemento principal na formação da areia.

 

A artrite reumatoide apenas recebe esse nome quando se apresenta na idade adulta, entretanto a doença pode aparecer em qualquer idade. As mulheres são mais afetadas que os homens. A Sociedade Brasileira de Reumatologia aponta que 1% da população tem essa doença, o que estaria em números concretos de aproximadamente 20 mil infectados.

 

Os sintomas característicos são de dores nos dedos das mãos e dos pés, assim como nos joelhos, ombro, cotovelo, tornozelo, quadril e qualquer outra articulação. Febre, perda de peso, fadiga, caroços e rigidez nas articulações são outros sintomas que podem aparecer. Todos esses listados podem aparecer e desparecer, então para a certeza da contração da doença é importante junto ao médico a execução de exames.

 

As especialidades que cuidam da artrite reumatoide são o clínico geral e o reumatologista. Em busca do diagnóstico da doença, os profissionais da saúde partem com perguntas sobre o histórico na família, se alguém já contraiu a artrite reumatoide, após poderá pedir informações sobre como seus hábitos, alimentares e período em que apareceram os sintomas. Exame clínico é feito na hora junto as articulações e depois fará pedidos de exames como anti-CCP, para saber sobre possíveis graus de inflamação no corpo, raio-x, ultrassonografia, ressonância magnética, ademais velocidade de hemossedimentação (VHS), dosagem da proteína C reativa (PCR).

 

Artrite reumatoide como já dito ataca com inflamação as articulações dos pés e mãos. Com sua evolução acontecem as deformidades nos dedos e que acabam com a estética e parte da mobilidade. Além de ir atrofiando todas as articulações como os cotovelos, ombros, quadril, joelho e etc. aliado a fortes dores. Atualmente é possível tratamento.

 

 

Tratamento de artrite reumatoide

 

A artrite reumatoide é uma doença sem cura, mas que pode ser altamente controlada. Para cada caso dos pacientes é receitado uma forma, pois a ação da doença avança em cada um de uma forma, ademais os corpos são diferentes de pessoa para pessoa.

 

Dependendo do grau de dor do paciente podem ser repassados a ele, o uso de atividades físicas e fisioterapia, assim se espera diminuir os impactos sofridos até então.

 

Medicamentos

 

Os medicamentos indicados são conhecidos como Drogas Modificadoras do Curso da Doença (DMCD – em inglês “Disease-modifying antirheumatic drugs”). Os mesmos paralisam o avanço da doença.

 

Tais DMARDs possuem dois tipos: não biológicos, que são sintéticos convencionais ou de alvo específicos e biológicos. As construções de ambos os tipos passam por proteínas e anticorpos sintetizados que ajudam na desinflamação.

 

Novamente passam por classificação na forma que agem no corpo humano. Inibidores de fator de necrose tumoral (anti TNF), de receptor de interleucina 6, do segundo sinal de ativação do linfócito T e de CD20 7.

 

Fisioterapia

 

A fisioterapia é indicada para que o paciente aprenda junto desse profissional médico diversos exercícios. Assim poderá fazer no consultório, na academia, no parque e em casa tais procedimentos. O que vai deixar as articulações com maior flexibilidade e ajudará a melhorar os sintomas.

 

Cirurgia

 

Com a ineficácia dos medicamentos, paciente e médico podem optar pela cirurgia como forma de tratamento. Tudo isso em busca de reparar os danos sofridos pela doença nas articulações. Existem três formas:

 

Nova articulação: com as inflamações das articulações, a essa cirurgia prevê a troca de algumas delas como o quadril e o joelho. Se retiram a natural e coloca-se no local uma artificial. 20 anos é o tempo que dura tal ato, até que tenha de ser trocada. Esse período pode ser maior dependendo dos hábitos da pessoa e peso.

 

Sinovectomia: aqui é retirado o revestimento da anormalidade na articulação. Assim ela não fragiliza o osso e a cartilagem. Tal procedimento deve ser repetido após largo período, pois a membrana sinovial crescerá desregulamente devido a doença.

 

Artrodese: é a cirurgia que une dois ou mais ossos para que as articulações não possam mais se mover. Felizmente, atualmente esta modalidade cirúrgica é cada vez mais rara e está praticamente em desuso diante das novas modalidades terapêuticas.

 

Prevenção de artrite

 

Até o presente momento não foi possível o desenvolvimento de métodos que previnam a artrite reumatoide. Apenas se orienta que manter uma vida com atividades esportivas, pois ajuda na saúde do corpo, assim como comer bem e não fumar. Já que substâncias do cigarro podem ser um gatilho para a doença.

 

Vivendo com a Artrite Reumatoide

 

 

As pessoas que possuem artrite reumatoide devem se vacinar nas datas certas. Como o corpo já passa por uma desregulação pela doença, pode acontecer do sistema imunológico não conseguir se proteger de outros malefícios. Deve-se falar com um profissional médico sobre a vacina que protege da Febre Amarela, pois alguns componentes podem atrapalhar o paciente.

 

Exercícios que ajudam na contração muscular, movimentação, fortalecimento dos músculos e alongamentos são indicados para os pacientes de artrite reumatoide. Assim as articulações vão melhorar frente aos sintomas.

 

Outros pontos a serem pensados são:

 

Adaptação da casa: As escadas dificultam os doentes a se locomover, além de ser um risco para acidentes domésticos.

 

Dormir: Horário adequado para o descanso. Se preciso tire uma hora para descansar após o almoço, assim o organismo entra em equilíbrio.

 

Peso: Ficar com sobrepeso vai atrapalhar ainda mais a locomoção e piora os sintomas, já que o corpo fica debilitado e aumenta a fadiga.

 

Acompanhamento médico: Com a ajuda do profissional da saúde é possível viver melhor e confrontar a artrite reumatoide. Aliando-se junto aos tratamentos prescritos.

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Cirurgia da Mão, Destaques, Dicas, Joelho, Notícias, NOTÍCIAS, Reumatologia, Tratamentos

  • Veja também


Câncer de Pâncreas – Tratamento novas possibilidades

Pesquisadores espanhóis provam com sucesso em cobaias (ratos) que existe é possível inibir umas das proteínas que mais alimenta...

Descolamento da retina: Como diagnosticar e tratar?

O descolamento da retina é um grave problema e precisa de cuidados médicos de forma urgente. Quando essa fatalidade...

Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a...

Dores de cabeça e Tratamentos

As dores de cabeça afligem a todos, mas os tipos dessa dor nem sempre são iguais. A razão disso...

Quais são os sintomas da Gripe H1N1?

Os sintomas que a gripe H1N1 apresentam estão muito próximos aos que a gripe comum possui. Seu surgimento acontece inesperadamente...

As Doenças que a Acupuntura trata

A acupuntura é uma forma de tratamento terapêutica que tem a China como o seu berço. A técnica prevê...

O que é o Astigmatismo? Sintomas, Causas e Tratamento

Astigmatismo é o defeito óptico resultante de uma curvatura desigual ger. da córnea e mais raramente do cristalino ou...

O que é uma Cesárea?

A cesárea é um tipo de parto que consiste essencialmente de um corte no abdômen e outro no útero...

TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade: Doença atinge inúmeras crianças

O TDAH –  transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tem como característica a presença de sintomas como desatenção, hiperatividade e...

Tafenoquine: Medicamento que trata Malária em apenas uma dose

Doença atinge 8,5 milhões de pessoas ao ano. O medicamento Tafenoquine recebeu autorização dos Estados Unidos, agora outros países...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad