Alterações intestinais

Portal de saúde sobre as principais especialidades da medicina.

Alterações intestinais

  • Quais são os distúrbios intestinais mais comuns?

    De acordo com o Estudo SIM Brasil, os problemas mais comuns são gases, inchaço, sensação de peso abdominal e constipação.

    As mulheres sofrem mais de distúrbios intestinais? Por quê?

    Sim. A cada quatro pessoas que sofrem de constipação, por exemplo, três são mulheres. No Estudo SIM Brasil, 67% das mulheres declaram ter algum problema intestinal. Isso ocorre, também, porque as mulheres sofrem uma pressão social para não falarem desse assunto, o que acaba inibindo o correto funcionamento intestinal. Além disso, elas são mais sensíveis às emoções, que também podem influenciar no funcionamento do intestino.

    Quais são as principais causas dos distúrbios intestinais?

    Segundo o Estudo SIM Brasil, as maiores causas declaradas de problemas do intestino são maus hábitos alimentares, problemas emocionais (estresse e ansiedade) e estilo de vida – a correria do dia a dia faz com que as pessoas realizem escolhas alimentares equivocadas, comam muito depressa, passem muito tempo sentadas e não tenham tempo de usar o banheiro.

    As emoções têm relação direta com o funcionamento do intestino?

    Sim. Pesquisas científicas mostram que estresse e ansiedade atuam na regulação dos neurotransmissores que atuam no intestino. Essa alteração pode modificar os movimentos peristálticos do órgão e tornar o ritmo intestinal mais lento ou mais rápido do que deveria. Outros estudos mostraram também que o estresse pode modificar a composição da microbiota intestinal.

    Problemas gastrointestinais podem impactar na minha qualidade de vida?

    Sim. De acordo com o Estudo SIM Brasil, 62% das mulheres consideram que alterações no funcionamento do intestino afetam sua qualidade de vida. Naquelas que tem problemas de transito, 89% delas também declaram sofrer alterações no humor, 88% dizem ter dificuldade de se concentrar no trabalho e 79% sentem piora na vida sexual.

    Quais são os riscos de um mau funcionamento do intestino?

    O mau funcionamento do intestino pode ser agravado e levar a diferentes conseqüências, como inchaço (distensão abdominal) e cólicas, e em alguns casos, situações que podem colocar em risco a vida da mulher.

    Meu estilo de vida pode alterar a saúde intestinal?

    Sim. Uma rotina muito intensa, corrida e estressante pode prejudicar o funcionamento do intestino. Além disso, a correria do dia a dia faz com que a pessoa deixe o uso do banheiro “para depois”. Isso pode causar constipação, gases e mal-estar.

    Quais são os melhores hábitos para o funcionamento saudável do intestino?

    Ingestão de água, alimentação equilibrada e rica em probióticos e vegetais, e prática de exercícios físicos.

    Por que é mais comum encontrar probióticos em laticínios, como o iogurte?

    Porque os derivados do leite atuam como bom substrato e têm pH ideal para o desenvolvimento e fermentação das bactérias probióticas. Além disso, é fácil incluir laticínios na dieta, o que ajuda a tornar a ingestão de probióticos um hábito constante.

    Todos os iogurtes são probióticos?

    Não. As bactérias que fermentam o iogurte regular não são consideradas probióticas. Para que tenha efeito probiótico, o iogurte deve ser fermentado com micro-organismos específicos, que resistem aos sucos gástricos e biliares durante a digestão do alimento e chegam intactos ao intestino. Se tiver dúvidas, verifique no rótulo do produto: as bifidobactérias estão entre as bactérias probióticas mais comuns.

    Se já possuo uma enorme quantidade de bactérias no meu intestino, por que devo ingerir probióticos?

    Porque os benefícios entregues pelos probióticos não são conseguidos através da microbiota nativa. Da mesma forma como devemos ingerir nutrientes diariamente, os probióticos só apresentam resultados quando parte de uma dieta regular.

 

Fonte: http://estudosimbrasil.com.br/perguntas-e-respostas

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Destaques, Gastroenterologia

  • Veja também


Tudo sobre intestino

O coração, o fígado e os rins que nos perdoem, mas não há órgão mais fascinante que o intestino....

Câncer de Pâncreas – Tratamento novas possibilidades

Pesquisadores espanhóis provam com sucesso em cobaias (ratos) que existe é possível inibir umas das proteínas que mais alimenta...

Descolamento da retina: Como diagnosticar e tratar?

O descolamento da retina é um grave problema e precisa de cuidados médicos de forma urgente. Quando essa fatalidade...

Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a...

Dores de cabeça e Tratamentos

As dores de cabeça afligem a todos, mas os tipos dessa dor nem sempre são iguais. A razão disso...

Quais são os sintomas da Gripe H1N1?

Os sintomas que a gripe H1N1 apresentam estão muito próximos aos que a gripe comum possui. Seu surgimento acontece inesperadamente...

As Doenças que a Acupuntura trata

A acupuntura é uma forma de tratamento terapêutica que tem a China como o seu berço. A técnica prevê...

O que é o Astigmatismo? Sintomas, Causas e Tratamento

Astigmatismo é o defeito óptico resultante de uma curvatura desigual ger. da córnea e mais raramente do cristalino ou...

O que é uma Cesárea?

A cesárea é um tipo de parto que consiste essencialmente de um corte no abdômen e outro no útero...

TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade: Doença atinge inúmeras crianças

O TDAH –  transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tem como característica a presença de sintomas como desatenção, hiperatividade e...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad