Alimentação após cirurgia bariátrica, Cardápio pós bariátrica, Nutricionista pós bariátrica e dieta pós bariátrica

Alimentação após cirurgia bariátrica

Alimentação após a cirurgia bariátrica

Os cuidados nutricionais garantem que o paciente realize a adequação de nutrientes e calorias para ter uma boa recuperação no pós-operatório, preserve massa magra durante o emagrecimento.

Minimize problemas como o refluxo, a saciedade precoce e o Dumping, além de readequar o organismo a sua nova realidade.

Por isso, os pacientes devem passar por quatro fases antes de voltar a ter uma alimentação regular.

Após está leitura sobre a alimentação após a Cirurgia Bariátrica, recomendamento estes artigos:

A alimentação após a cirurgia bariátrica geralmente volta ao normal. Cerca de 2 meses depois da cirurgia, podendo comer arroz, feijão ou salada por exemplo, mas como o estômago fica menor o paciente fica satisfeito comendo menos e, é por isso que, normalmente, se emagrece rápido.

A dieta após cirurgia bariátrica, como bypass ou sleeve por exemplo, inicia no dia da cirurgia e deve ser adaptada e orientada por um nutricionista que faz um cardápio adequado ao paciente para não provocar dor, desconforto no estômago ou vômitos.

Além disso, o médico indica também quais os suplementos indicados (após a cirurgia bariátrica) para evitar queda de cabelo e enfraquecimento das unhas.

Dieta líquida após cirurgia bariátrica

A dieta líquida que adotada após a cirurgia bariátrica é um tipo de dieta sugerida na 1ª semana após a cirurgia bariatrica e, os alimentos só podem ser consumidos na forma líquida. Na dieta devesse iniciar a dieta consumindo pequenos volumes, cerca de 100 a 150 ml, fazendo-se cerca de 6 a 8 refeições por dia, com um intervalo de 2 horas entre as refeições. Os alimentos têm que ser ingeridos lentamente, podendo demorar até 40 minutos.

Os alimentos permitidos após a cirurgia bariátrica na primeira fase são chás, suco de fruta e legumes naturais, bebida de soja, água de coco, caldos caseiros de carne, frango, peixe ou legumes. É também importante beber água ao longo do dia, em pequenas quantidades, e tomar os suplementos prescritos pelo médico.

Dieta pastosa após cirurgia bariátrica

Essa fase da após a cirurgia bariátrica dura cerca de 15 dias a 1 mês e, o paciente tem que mastigar bem os alimentos e comer pequenas quantidades.

Os alimentos permitidos nessa fase são cremes de legumes, mingaus, purês de frutas cozidas ou cruas, purês de leguminosas, purês de proteínas, vitaminas de frutas com suco de soja ou com água.

 

Dieta após 1 mês após a cirurgia bariátrica

A dieta após 30 dias da cirurgia bariátrica já pode ter alimentos sólidos, mas têm que ser muito bem mastigados e consumidos em pequenas quantidades ao longo de 6 refeições diárias, podendo-se usar um prato de sobremesa para comer pequenas quantidades em cada refeição. Os líquidos só devem ser ingeridos entre as refeições, sendo importante beber pelo menos 2L de água por dia para prevenir a desidratação.

A partir dessa fase da cirurgia o paciente pode comer frutas, legumes, cereais integrais, leite e derivados, carne, peixe, ovo, massa, arroz, batata, cereais integrais e sementes em pequenas quantidades e de acordo com a sua tolerância.

A alimentação após a cirurgia bariátrica é muito importante, mas a alimentação antes da cirurgia bariátrica é essencial, porque se o paciente não fizer uma boa preparação alimentar antes da cirurgia vai ter dificuldades em se adaptar à nova dieta após a cirurgia.

O que não pode comer após a cirurgia Bariátrica

Nos primeiros 3 meses após a cirurgia bariátrica (Redução do estômago), devem ser evitados alimentos como:

  • Café, chá mate, chá verde;
  • Pimenta, condimentos químicos, como Knor, Sazon, mostarda, ketchup ou molho inglês;
  • Sucos industrializados em pó, refrigerantes, assim como água gaseificada;
  • Chocolate, balas, chicletes e doces em geral;
  • Frituras;
  • Bebida alcoólica.

Além disso alimentos como mousse de chocolate, leite condensado ou sorvete são muito calóricos devem ser evitados, e mesmo consumidos em pequenas quantidades podem fazer engordar novamente.

Cardápio de dieta após cirurgia bariátrica

Segue-se um exemplo de um cardápio após uma cirurgia para emagrecer.

REFEIÇÕES Dieta Liquida
1 SEMANA
Café da manhã 150 ml de chá de erva
Lanche 150 ml de suco de laranja diluído e coado
Almoço 150 ml de caldo de carne e hortaliças liquidificadas
Lanche 1 gelatina liquida
Jantar 150 ml de caldo de frango e hortaliças batidas com o liquidificador
Ceia 150 ml de chá de casca de laranja

 

REFEIÇÕES Dieta Pastosa
1 MÊS
Café da manhã 150 ml de mingau de milho
Lanche 150 ml de suco de mamão coado
Almoço 150 ml de sopa de frango liquidificado
Lanche 150 ml de vitamina de maça com leite desnatado pobre em lactose
Jantar 150 ml de sopa de peixe e hortaliça liquidificada e coada
Ceia 150 ml de leite desnatado e pobre em lactose

 

REFEIÇÕES Dieta Branda
POR 3 MESES
Café da manhã  1/4 de copo de leite desnatado com 1 fatia de pão torrado e 1 fatia de queijo
Lanche  1 fruta pequena
Almoço  1 colher de sopa de cenoura esmagada, 1 colher de sopa de carne moída e 1 colher de sopa de arroz
Lanche  100 ml de chá e 1 pão torrado
Jantar  Frango esfiado com 2 colheres de sopa de purê de batata e 2 colheres de sopa de creme de baunilha
Ceia  80 ml de chá com 1 craker

Download-icon-maestro-saude

DOWNLOAD CARDÁPIO
Baixe a planilha do Google Drive:
https://drive.google.com/open?id=0ByBXTPEcPo8lNjBhWEZDelFEaXM

No cardápio da dieta liquida e pastosa deve-se beber 50 ml a cada 30 minutos até ingerir 150 ml e a dieta branda não deve conter alimentos açucarados porque não são bem tolerados e pode causar desconforto abdominal.

Para saber mais sobre as dietas que devem ser adotadas após uma cirurgia bariátrica leia outros artigos e consulte uma nutricionista especialista em acompanhamento de pacientes pós-cirurgia bariátrica para obter melhores resultados e evitar problemas, ganho de peso ou desnutrição.

Resumo da Dieta do terceiro mês após a cirurgia bariátrica

A carne bem macia, se bem tolerada e bem mastigada, pode ser usada em pedaço pequeno: cozida, assada.

Os alimentos intolerantes nos primeiros meses podem ser experimentados novamente.

Alimentos Sólidos: NÃO INGERIR uma quantidade de alimentos maior do que a capacidade do seu “novo” estômago. Colocar os alimentos em um prato de sobremesa e comer com uma colher pequena ( de café), MASTIGANDO BEM. Evitará a sensação de ” estufamento”, náuseas e vômitos.

O paciente nunca deve se esquecer da ingestão de alimentos ricos em proteínas, sua necessidade diária é em torno de 40 a 60 gramas de proteínas ao dia, a seguir segue tabela com alimentos ricos em proteínas;

IMPORTANTE:
Mesmo com estas orientações de alimentação após a cirurgia Bariátrica, mantenha contato com a equipe que realizou sua cirurgia bariátrica e apresente sua dieta e os resultados. Seja sincero se você esta conseguindo manter sua dieta bariátrica ou não. O acompanhamento após a cirurgia barátrica é muito importante para o sucesso da sua nova fase alimentar.

Se você ainda não passou por um a Cirurgia bariátrica para redução de estomago, leia outras artigos relacionados:

Fontes: Sociedade de Obesidade e Cirurgia Bariátrica, Tua saúde, Nutrição inteligente

Conheça alguns médicos especialistas da área:
Destaques, Obesidade

  • Veja também


Câncer de Pâncreas – Tratamento novas possibilidades

Pesquisadores espanhóis provam com sucesso em cobaias (ratos) que existe é possível inibir umas das proteínas que mais alimenta...

Descolamento da retina: Como diagnosticar e tratar?

O descolamento da retina é um grave problema e precisa de cuidados médicos de forma urgente. Quando essa fatalidade...

Quais são os sintomas do HIV?

Os sintomas do contágio do HIV são complicados de serem conhecidos, por serem bastante comuns de outras doenças, a...

Dores de cabeça e Tratamentos

As dores de cabeça afligem a todos, mas os tipos dessa dor nem sempre são iguais. A razão disso...

Quais são os sintomas da Gripe H1N1?

Os sintomas que a gripe H1N1 apresentam estão muito próximos aos que a gripe comum possui. Seu surgimento acontece inesperadamente...

As Doenças que a Acupuntura trata

A acupuntura é uma forma de tratamento terapêutica que tem a China como o seu berço. A técnica prevê...

O que é o Astigmatismo? Sintomas, Causas e Tratamento

Astigmatismo é o defeito óptico resultante de uma curvatura desigual ger. da córnea e mais raramente do cristalino ou...

O que é uma Cesárea?

A cesárea é um tipo de parto que consiste essencialmente de um corte no abdômen e outro no útero...

TDAH – Déficit de Atenção e Hiperatividade: Doença atinge inúmeras crianças

O TDAH –  transtorno do déficit de atenção e hiperatividade tem como característica a presença de sintomas como desatenção, hiperatividade e...

Tafenoquine: Medicamento que trata Malária em apenas uma dose

Doença atinge 8,5 milhões de pessoas ao ano. O medicamento Tafenoquine recebeu autorização dos Estados Unidos, agora outros países...

Author: Redação

Share This Post On
468 ad