Demência

Demência

24As queixas de déficit de memória nos idosos pode estar relacionada a demência que se apresenta como déficit c2ognitivo (atenção, memória e aprendizagem).

A demência é uma síndrome, usualmente de natureza crônica ou progressiva, na qual há comprometimento de numerosas funções corticais superiores, tais como a memória, o pensamento, a orientação, a compreensão, o cálculo, a capacidade de aprendizagem, a linguagem e o julgamento. A síndrome não se acompanha de obnubilação da consciência. O comprometimento das funções cognitivas acompanha se, habitualmente, e é, por vezes, precedida por uma deterioração do controle emocional, do comportamento social ou da motivação. A síndrome ocorre na Doença de Alzheimer, em doenças cerebrovasculares e em outras afecções que atingem primária ou secundariamente o cérebro.

demencia1

O principal exame para diagnóstico e acompanhamento evolutivo desse pacientes com demência é a Avaliação Neuropsicológica.

Os transtornos mentais orgânicos, inclusive os sintomáticos, compreendem uma série de transtornos mentais reunidos tendo, em comum, etiologia demonstrável tal como doença ou lesão cerebral ou outro comprometimento que leva à disfunção cerebral. A disfunção pode ser primária, como em doenças, lesões e comprometimentos que afetam o cérebro de maneira direta e seletiva ou secundária, como em doenças e transtornos sistêmicos que atacam o cérebro apenas como um dos múltiplos órgãos ou sistemas orgânicos envolvidos.

A demência é uma síndrome, usualmente de natureza crônica ou progressiva, na qual há comprometimento de numerosas funções corticais superiores, tais como a memória, o pensamento, a orientação, a compreensão, o cálculo, a capacidade de aprendizagem, a linguagem e o julgamento. A síndrome não se acompanha de obnubilação da consciência. O comprometimento das funções cognitivas acompanhasse, habitualmente, e é, por vezes, precedida por uma deterioração do controle emocional, do comportamento social ou a motivação. A síndrome ocorre na Doença de Alzheimer, em doenças cerebrovasculares e em outras afecções que atingem primária ou secundariamente o cérebro.

A Necessidade de Novo Tipo de Abordagem

demencia2

Existe a necessidade de identificar pacientes muito antes deles demenciarem, incluindo indivíduos assintomáticos com alto risco de desenvolverem perdas cognitivas. Quando as pessoas têm perda cognitiva, isto deve ser caracterizado clinicamente e por um mínimo de testes padronizados e comumente aceitos. Podemos fazer o diagnóstico inicial de uma “Síndrome Cognitiva” e o diagnóstico mais preciso será feito à medida que os dados permitirem.

 

 

 

Conclusão

Devemos abandonar as categorias diagnósticas atuais e descrever o comprometimento cognitivo clinicamente e de acordo com instrumentos atualmente aceitos e que documentam os dados demográficos de um modo padronizado, além de realizar um esforço sistemático de identificar a etiologia subjacente em cada caso. Exames de imagem e de DNA devem ser obtidos sempre que possível. Uma abordagem empírica e o uso de caracterizações neuropsicológicas claras contribuirão para uma base de conhecimento que alimentará não somente nosso entendimento mas nos dará a base para a terapêutica.

É preciso implantar uma abordagem atual evitando juntar dados arbitrários, dogmáticos, categorias obsoletas e iniciar o desenvolvimento de nova abordagem pragmática, abordagem baseada em evidências.

 

Fonte: Instituto de Neurologia Funcional

  • Veja também


Delboni lança serviço exclusivo para idosos

Foi pensando nessa realidade e tendência do perfil da população brasileira que o Delboni Medicina Diagnóstica criou o Club...

Hospital Sírio-Libanês no Congresso da Sociedade de Cardiologia de SP (Socesp) 2017

Hospital Sírio-Libanês participa de um dos maiores eventos de cardiologia O Hospital Sírio-Libanês estará presente na 38.ª edição do...

Casa de Saúde Saint Roman realiza mais de 70 mil atendimentos

A Casa de Saúde Saint Roman, referência nos tratamentos da saúde mental e dependência química no Rio de Janeiro,...

5 motivos para o médico ir até você

A tecnologia está conferindo um papel importante na saúde: unir acessibilidade para atender uma grande demanda de usuários que...

Instituto Oncoclínicas lança plataforma digital

O Instituto Oncoclínicas de Ensino, Pesquisa e Educação Médica Continuada (IOEPEMC) acaba de lançar o canal na internet com acesso...

A revolução do hospital digital

Em entrevista ao Saúde Business, o diretor geral da MV, Luciano Regus, enumera as vantagens do hospital digital e...

Como a telemedicina está transformando os cuidados em saúde [Infográfico]

Vivemos um período marcado por conexões de internet mais rápidas, smartphones onipresentes. O momento contribui para que o setor...

Ateliê Oral apresenta tendências para odontologia (Soluções Ateliê Oral)

Estamos vivendo um momento crucial na odontologia. Com o auxílio de avançadas ferramentas tecnológicas, esta área da saúde não...

Nova regulamentação autoriza farmácias a aplicar vacinas

As farmácias estão entrando em um novo mercado que é no momento atual dominado pelas clínicas de imunização. Uma...

Doação de sangue 2017 | Campanha de doação de sangue envolve celebridades

Atualmente, 1,8% da população brasileira doa sangue. A Campanha tem como objetivo reafirmar a importância do ato e incentivar...

Author: Redação

Share This Post On

Agência de Marketing especialista na área da saúde.
www.convertmkt.com.br