Corticoide aumenta risco de diabete

Corticoide aumenta risco de diabete

No dia 14 de Novembro é o Dia Mundial do Diabetes.

A data é essencial para lembrar a importância da prevenção – através de exames de rotina – dessa doença que atinge nove milhões de brasileiros, ou seja, 6,2% da população adulta. Os números alarmantes não param por aí: 70% das cirurgias para retirada de membros inferiores no Brasil têm como causa o diabetes mal controlado (55 mil amputações anuais).

A endocrinologista Andressa Heimbecher Soares, especialista do Portal Minha Vida, alerta para alguns indicadores que podem aumentar os riscos e piorar quadros de diabetes.

Um exemplo é o uso de medicamentes com corticoide – comuns no tratamento de asma, rinite e artrite. “O tratamento à base de corticoide também eleva os níveis de glicose no sangue, podendo provocar diabetes mellitus”, diz.
Outra combinação perigosa tem a ver com o cigarro. Diabéticos fumantes têm até vezes mais chances de enfartar, isso porque substâncias encontradas no fumo geram acúmulo de gordura nas artérias.
“Consequentemente, o fluxo sanguíneo fica mais e mais lento, até o momento em que a artéria fica bloqueada”, esclarece Heimbecher.  A endocrinologista indica, ainda, alguns sinais perceptíveis que indicam a presença da doença.
“Pés podem ser um grande indicador e devem ser analisados diariamente por quem tem a doença, pois pequenos machucados podem se agravar devido à dificuldade de cicatrização ocasionada pelo diabetes”.

Fonte: Portal Band.com.br

 

  • Veja também


Praticar esportes ajuda a evitar e tratar diabetes

Praticar esportes e manter uma alimentação equilibrada ainda são as medidas mais eficazes para prevenir e tratar o diabetes....

E o que é diabete gestacional?

Quando é detectado que a gestante está com excesso de açúcar no sangue. É lá pelo sexto mês de...

Author: Redação

Share This Post On

Agência de Marketing especialista na área da saúde.
www.convertmkt.com.br