Quais são as melhores atividades físicas para cuidar da saúde do corpo e ganhar disposição?

Quais são as melhores atividades físicas para cuidar da saúde do corpo e ganhar disposição?

Todas as atividades físicas são ótimas para manter a disposição e a saúde em dia.

Mas, para decidir o melhor tipo para o seu estilo de vida, defina suas necessidades e pretensões. Entre os mais comuns, a musculação é ótima para quem adora conversar e fazer novas amizades, pois possibilita interação durante os exercícios. Por outro lado, ela também é interessante para quem valoriza um espaço mais reservado, já que o trabalho em equipe não é obrigatório.

Se quiser deixar os pensamentos em ordem, aposte nas corridas, que ainda exigem concentração e boa resistência. Mas, por ser uma modalidade de impacto para as articulações, é importante fazer uma avaliação médica prévia e combiná-la com a prática da musculação, para prevenir lesões. Natação é uma ótima opção para quem sofre com problemas respiratórios ou não pode praticar atividades de impacto, pois o esporte dentro da água melhora a postura, o equilíbrio, a coordenação, a flexibilidade e dá mais agilidade.

Já o ioga é o tipo de atividade física ideal para quem quer exercitar o corpo e a mente. Experimente praticá-la ao final do dia e sinta seu poder relaxante e energizante, com impacto na manutenção da saúde da coluna, dos músculos e do sistema respiratório.

Quais atividade físicas são mais sugeridas?

O ideal é que as atividades físicas comecem na infância, com incentivo dos pais. É importante saber quais são as atividades preferidas da criança, e proporcione a realização. Normalmente as crianças preferem atividades que sejam divertidas e que tenham contato com outras crianças.

Veja algumas dicas de atividades físicas para crianças e quais os principais benefícios:

Natação: é indicada a partir dos primeiros meses de vida, para que desde cedo haja uma adaptação com a água. Durante os primeiros anos, a natação ocorre de forma recreativa e lúdica, e é importantíssima para que novos movimentos sejam descobertos pela criança, sem nenhum trauma (tombo, batida, dor). É um grande auxílio para o desenvolvimento motor, assim como os aspectos cognitivos, emocionais e sociais. Além disso, melhora a resistência do organismo e ajuda em casos de problemas respiratórios e ortopédicos.

Ballet: ajuda muito na coordenação motora, concentração, disciplina, postura, memória, criatividade, lateralidade, ritmo, flexibilidade, musicalidade, e proporciona uma sensibilidade às artes e às expressões corporais.

Futebol, vôlei e basquete: normalmente são os três esportes que utilizam bola que são mais praticados pelos “pequenos”. Ajudam a criança a criar uma certa resistência física, capacidade cardiorespiratória, coordenação motora e incentiva o trabalho em equipe.

Atividades Físicas para Adolescentes

Por anteceder a fase adulta é importante criar um hábito ainda maior de exercícios. Pesquisas comprovam que os adultos sedentários, na maior parte das vezes são assim, porque na adolescência já não tinham o costume de se exercitar.

Durante a adolescência, um período complicado, cheio de dúvidas, altos e baixos, onde a preocupação com a aparência triplica, a atividade física além de todos os benefícios oferecidos em qualquer fase, proporciona também um estímulo à socialização, à inclusão, aumenta a auto-estima, o bom-humor, a disciplina, estimula a busca por objetivos, elimina a preguiça, exercita a independência, o relacionamento em grupo, dentre outros.

A adolescência é um momento de mudanças no corpo, pois há uma grande concentração de hormônios, e as atividades físicas ajudam a enfrentar de um jeito mais agradável estes efeitos psicossociais, e ao gastar mais energia, o corpo e o psicológico tendem a ficar mais equilibrados. Também é durante a adolescência que o apetite aumenta é muito comum ouvir comentários de que eles comem demais, principalmente os garotos, por isso é fundamental manter uma atividade física regular, para evitar a obesidade. Outro ponto a ser comentado é a ajuda que o esporte oferece, para que os jovens se afastem de possíveis vícios, como o álcool e drogas.

A musculação na adolescência é um tema difícil a se tratar, muitos dizem que não é recomendado, pois atrapalha no crescimento e desenvolvimento do corpo, mas não há comprovação desse fato. Porém, o que é totalmente inadequado, é fazer musculação trabalhando com carga máxima, pois desse forma é possível atrofiar ou atrapalhar o desenvolvimento dos músculos. O ideal é visar apenas a resistência muscular, e não a força, fazendo um programa que intercale exercícios aeróbicos e anaeróbicos com cargas mais leves.

Atividades Físicas para Adultos

Na faixa etária de 20 a 30 anos, não há restrição de exercícios, o corpo já se desenvolveu ao máximo e ainda permite muito esforço. A atenção precisa ser focada na postura, para que não tenha problemas. Por ser uma fase onde as responsabilidades são muito maiores, o tempo é curto, então é necessário achar uma atividade que dê prazer e encaixá-la na agenda.

A partir dos 30 anos a preocupação com a saúde e com a estética aumenta, pois as respostas metabólicas e fisiológicas não são mais as mesmas, ficam lentas, e as “marcas do tempo” começam a aparecer. É comum ouvir queixas de mulheres que a partir dos 30 anos, possuem mais dificuldade para emagrecer, diferente de antes, que rapidamente perdiam peso. Durante esse período também não há restrições de exercícios, mas a musculação é ainda mais indicada, pois ajuda nos resultados estéticos, na articulação e fortalece o corpo.

Com 40 anos ou mais, começam a aparecer algumas restrições, e de acordo com essas restrições, é necessário que o programa seja feito de uma forma mais específica e com acompanhamento. Os exercícios aeróbicos precisam ser mais intensos do que a musculação, pois o peso corporal tende a aumentar pela grande dificuldade de emagrecer e o coração precisa ganhar ainda mais resistência.

A partir do 50 anos algumas dificuldades já são visíveis e determinadas patologias já se manifestaram. Mas a atividade física é uma obrigação ainda maior nessa fase por causa da diminuição de massa óssea, vulnerabilidade aos problemas cardíacos, aumento da gordura corporal, a piora na postura, entre outros fatores.

Atividades Físicas para Idosos

As atividades físicas aumentam a expectativa e a qualidade de vida dos idosos, melhora a auto-estima, disposição, autoconfiança, memória, independência, etc. Porém, o cuidado precisa ser redobrado, pois já existem muitas limitações, as articulações e a agilidade não são mais as mesmas, a disposição é menor, o cansaço e as dores estão mais presentes, o metabolismo basal está mais reduzido, aumento dos problemas cardiovasculares como o aparecimento de doenças cardíacas, pressão arterial elevada, normalmente, concentração de gordura no tronco e abdômen, e outras diversas restrições.

Mas nada disso, a não ser determinadas limitações físicas, impedem o idoso de se exercitar. Pelo contrário, precisam ser um estímulo para melhorar a saúde, pois as atividades físicas diminuem o risco de diversas doenças, incapacidades, melhora a mobilidade, aumenta o nível de energia, ausência de dores, além de auxiliar na minimização das alterações biológicas do envelhecimento.

Há idosos que pela grande dedicação aos esportes durante a vida inteira, chegam à “melhor idade” com disposição e boas condições físicas, pois o envelhecimento cronológico não acompanha o envelhecimento fisiológico no mesmo ritmo. Mas há também os que perdem grande resistência e precisam começar do zero. Os exercícios mais indicados são a caminhadas, aulas de alongamento, hidroginástica e musculação (pesos leves, sequências curtas).

Mas independente da atividade, é fundamental ir ao médico, fazer uma avaliação física, todos os exames necessários, e escolher atividades de acordo com as limitações e com o que for indicado. Em academias, os idosos tem uma atenção especial, os treinadores verificam a pressão antes, durante e depois do programa, acompanham, e auxiliam em todos os exercícios.

Fonte: Guia Saúde Hoje e Sempre.

Conheça alguns médicos especialista da área:
Ansiedade

  • Veja também


Ansiedade no trabalho causa estresse | Tratamento SP | MG | RJ

Para combater à ansiedade, o descanso é fundamental. O excesso de trabalho e os diversos graus de demanda com que...

Iniciativas em prol da qualidade de vida tornam o ambiente urbano menos estressante?

Sim. O isolamento social é muito prejudicial e quando os espaços públicos são próprios para convivência coletiva, como com...

Ansiedade na Grande São Paulo

Esta constatação tem origem no projeto São Paulo Megacity! Pesquisa sobre saúde, bem-estar e estresse, divulgada em 2012, o...

Como reduzir a ansiedade em ocasiões estressantes (como provas, entrevistas de emprego, etc)?

Uma caminhada de no mínimo, 30 minutos melhora a circulação e libera endorfina. Existem vários métodos para lidar com...

Como uma boa noite de sono pode prevenir os transtornos de ansiedade?

Uma boa noite de sono é fundamental para a prevenção da ansiedade, pois permite a recomposição bioquímica do cérebro....

Qual é a importância do descanso diário na prevenção da ansiedade patológica?

O descanso diário é vital na prevenção de qualquer ansiedade. Qualquer máquina que “esquente” muito, precisa de um período...

yoga acaba com a ansiedade?

Uma sugestão para tratar a ansiedade é o Yoga associada a outras técnicas comportamentais, trabalhar a percepção do corpo e do...

Qual o melhor treinamento físico para quem está voltando à vida normal, reinserindo-se na sociedade após uma crise de ansiedade e até depressão?

Diversos estudos científicos reforçam a importância das atividades aeróbicas (corridas, natação e bicicleta) no tratamento. As hipóteses que corroboram...

Quais são as melhores atividades físicas para extravasar o estresse do dia a dia?

Aliados no combate a vários problemas de saúde, os exercícios físicos também funcionam como válvula de escape. Para quem...

É possível prevenir a ansiedade, mudando o estilo de vida?

Com certeza. O segredo é encontrar uma válvula de escape e, nesse sentido, as atividades físicas se apresentam com...

Author: Redação

Share This Post On