Como surgem as Pintas? Quais os tatamentos de pintas e as opções para remoção de pintas nas clínicas de dermatologia?

Pintas – Tratamento e remoção

Pintas

O sinal que aparece na epiderme é um nevo melanocítico, são células que se agrupam, formando a pinta.

Além disso, a predisposição genética também é um diferencial, para aqueles que possuem uma grande quantidade de sinais pelo corpo. Com uma média entre 10 e 40 pintas por pessoa, as pintas começam a aparecer ainda na infância aumentando progressivamente até os 30 anos de idade, depois dos 50 anos, tornarem-se raras.

Com diferentes tamanhos, as pintas também podem ser totalmente planas ou apresentarem uma pequena saliência.

As pintas saudáveis, geralmente, são pequenas e têm uma cor só. Porém, é importante realizar exames periódicos para verificar alteração na cor ou aumento no diâmetro do sinal, que pode ser um indicador de câncer de pele.

Como surgem as pintas?

As pintas, denominação popular das lesões névicas, aparecem devido ao acúmulo de melanócitos, células que produzem melanina, sob a pele.  Localizados abaixo da epiderme, estas células se agrupam e formam os chamados nevos melanociticos, que aparecem na tez como uma mancha mais escura.

Qual é o número normal de pintas nos adultos?

O número de pintas varia de pessoa para pessoa. A maioria dos adultos brancos possui entre 10 a 40 pintas espalhadas pelo corpo, mas existem casos de pessoas com mais de 100.

Sardas são um tipo de pintas?

As sardas são lesões benignas, geralmente de cor castanho-amarelada ou castanha. Aparecem durante a infância, com maior incidência em pessoas de pele clara, geralmente nas regiões do corpo mais expostas ao sol.

Como saber se a pinta deve ser retirada?

Existem algumas características que devem ser avaliadas nas pintas: Se a pinta sofre modificação de tamanho ou na cor, dentro de um curto período de tempo, pintas que sangram, coçam ou ardem e sinais escuros na palma das mãos ou nas plantas dos pés, couro cabeludo ou dentro da boca. Diante destas situações deve-se procurar orientação de um especialista.

Estes outros artigos sobre Dermatologia podem ser de seu interesse:

A Clínica de Dermatologia DGF realiza tratamentos de pintas pelo convênio ou particular

A Clínica de Dermatologia DGF realiza tratamentos de pintas pelo convênio ou particular

Quais cuidados devem ser tomados com as pintas para que não se transformem em câncer de pele?

É importante evitar a exposição solar excessiva, principalmente pessoas de pele clara e com muitas pintas. Aplicar na pele filtro solar com fator de proteção 15, pelo menos trinta minutos antes de se expor ao sol, reaplicar a cada duas horas e evitar os horários de horários de maior incidência de raios UV, entre as 10h e 16h.

Como realizar o autoexame?

O autoexame pode ser realizado de três em três meses. Pode-se utilizar um espelho para visualizar as regiões mais difíceis. Porém, é fundamental visitar, pelo menos uma vez por ano, um dermatologista para que as pintas sejam avaliadas.

Autoexame de pele em 8 etapas

Uma mancha que aparece o u que apresenta crescimento pode ser um tumor de pele.
Avalie sua pele periodicamente e procure seu dermatologista se notar alterações.

O que é a regra do ABCD?

Este método avalia: assimetria da pinta, bordas, cores, diâmetro e a evolução de cada pinta, verificando a possibilidade de malignidade. Quanto existem 2 ou mais critérios positivos é necessário remover a lesão para analise microscópica.

Regra do ABCD clínico:

Assimetria da pinta
Simétrico | Benigno
Assimétrico
Maligno
Assimétrico
Maligno
As pintas comuns são redondos e simétricos. Algumas formas iniciais de melanoma são assimétricas, ou seja, uma linha traçada no meio não irá criar metades comparáveis.
Borda da pinta
Borda regular | Benigno
Borda irregular
Maligno
Borda irregular
Maligno
As pintas apresentam as bordas regulares, enquanto os melanomas apresentam irregularidades com saliências e reentrâncias.
Cor da pinta
Tom único de cor
Benigno
Dois ou mais tons de cores
Maligno
Dois ou mais tons de cores
Maligno
Os nevos comuns geralmente apresentam cor na mesma tonalidade. Os melanomas normalmente apresentam variação de tons.
Diâmetro da pinta
Inferior a 6 mm
Benigno
Superior a 6 mm
Maligno
Superior a 6 mm
Maligno
Os nevos comuns normalmente não ultrapassam 6 mm de diâmetro. Melanomas iniciais tendem a ser maiores.

Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Conheça alguns médicos especialista da área:
Pintas

  • Veja também


Author: Redação

Share This Post On