Remoção de Tatuagem

Remoção de Tatuagem

Como atua a tecnologia para remoção de tatuagem a laser?

Para um procedimento de remoção de tatuagem é utilizada a tecnologia de laser chamada de laser de YAG, que atua por meio da fototermólise seletiva produzindo uma agressão preferencial as estruturas que contenham o pigmento. É possível ter como alvo cromóforos endógenos (melanina, hemoglobina), assim como, cromóforos exógenos (pigmento de tatuagem, grafite). Desta forma, a tinta da tatuagem é atingida utilizando um comprimento de onda específico, que passa por através da pele, sendo absorvida somente pelo pigmento.

Ele atua disparando um feixe de luz (laser) com um comprimento de onda específico que, quando aplicado sobre a pele, é absorvido por pigmentos coloridos, incluindo pigmentos de melanina e, consequentemente, a tatuagem.

Para a realização deste procedimento é utilizado um anestésico local com o objetivo de amenizar a sensação de calor na pele do paciente. A absorção dessa energia de luz, ou laser, leva a fragmentação do pigmento da tatuagem, que deverá ser posteriormente absorvido pelo sistema imunológico do paciente.

Faz parte dos objetivos não afetar outras estruturas ao redor da área tratada. Assim, o colágeno adjacente permanece intacto, minimizando o potencial para cicatriz.

Quantas sessões são necessárias?

A quantidade de sessões na remoção de tatuagem a laser varia de acordo com o pigmento, assim como, a profundidade que o mesmo está na situado. Leva-se em consideração, também, a intensidade da tinta, as cores e, principalmente, da resposta do organismo de cada paciente.

O que é preciso saber antes de iniciar o tratamento de remoção de tatuagem?

Não expor a região a ser tratada ao sol até uma semana antes da aplicação, e não ter feridas abertas, infecções ou crostas no local a ser tratado.

É possível realizar a remoção de tatuagem colorida?

Sim. Este tipo de tratamento objetiva a retirada de tatuagem das cores que vão desde o preto até o amarelo claro. Porém, pigmentos esverdeados, geralmente, são mais difíceis de serem removidos, necessitando de um maior número de aplicações, tornando o processo relativamente mais agressivo. É importante que se leve em consideração a qualidade da tinta, bem como a profundidade do pigmento, e claro, que as coloridas são mais difíceis de serem retiradas.
Fonte: Clínica D’ Aurea Machado.

 

Conheça alguns médicos especialista da área:
Dermatologia Cirúrgica

  • Veja também


Molusco contagioso

A pele é o maior órgão do corpo humano, tornando-se um alvo fácil para infecções, lesões, micose e manchas....

Author: Redação

Share This Post On